Patentes livres da Tesla: montadora disponibliza suas patentes para uso público

A Tesla decidiu liberar as patentes de seus carros elétricos para uso público. As patentes livres da Tesla marcam a adesão da montadora à iniciativa do Open Source – código aberto – possibilitando a disseminação da tecnologia desenvolvida pela empresa. Com isso, a montadora pretende ajudar na aceleração do desenvolvimento de carros elétricos.

Neste texto, você saberá mais sobre as patentes livres da Tesla. Também conhecerá quais foram as reais motivações por trás dessa ação um tanto quanto arriscada. 

Tesla: o início  

Tesla Motors Roadster

 

Considerada uma das maiores empresas automobilísticas, a Tesla está abrindo caminho para que outras montadoras possam se firmar no mercado de carros elétricos.

A Tesla foi fundada por Martin Eberhard e Marc Tarpenning em 2003. Após um ano, o famoso empresário Elon Musk também entrou no time da empresa.

Em 2008, a Tesla começou a vender seu primeiro carro elétrico, o Roadster. Desde então, a montadora lançou mais três modelos de carro elétrico. E não para por aí; a Tesla já anunciou que também venderá um caminhão elétrico, o Semi.

A partir de sua fundação, a Tesla trilhou um brilhante caminho de ascensão. Hoje é considerada a terceira empresa mais valiosa do mundo.

As patentes livres da Tesla também são um marco na história da empresa. Saiba mais sobre isso a seguir.

Patentes livres da Tesla: montadora anuncia liberação de suas patentes  

Tesla patentes

Que a Tesla é a criadora de tecnologias automotivas incríveis todo mundo já sabe. Mas o movimento mais inesperado – e ambicioso – da empresa foi o anúncio da liberação de sua patentes.

Em 2014, Elon Musk confirmou que as patentes das criações da Tesla seriam liberadas para uso público.

São mais de 160 patentes liberadas, relacionadas aos seus modelos de carro elétrico, além de patentes do Supercharger, estação de carregamento super rápido.

O CEO da montadora anunciou que a Tesla iria liberar as patentes para que todas as outras montadoras as usassem de boa fé. Ou seja, se usarem as patentes com prudência,  não sofrerão qualquer tipo de processo.

O anúncio foi feito através de um post de Musk no blog da tesla. Acessando esse link, você pode lê-lo na íntegra.

Claro que o anúncio sobre as patentes livres da Tesla se tornou notícia por todo o mundo, afinal, que montadora liberaria sua criação por nada em troca?

Bem, a montadora já sabia que teria alguns benefícios em realizar tal ação – saiba mais sobre isso a seguir.

Por trás das patentes livres da Tesla: quais benefícios a montadora teria?

A Tesla decidiu liberar suas patentes para uso público, se comprometendo a não processar nenhuma montadora que as usasse de boa fé. Mas é claro que a Tesla não faria uma boa ação dessas por nada.

Uma empresa não pode simplesmente liberar o acesso à suas criações sem ter um bom motivo por trás.

Conheça a seguir os principais motivos pelos quais a Tesla decidiu tornar públicas suas patentes.

Estímulo à inovação 

Ao liberar as patentes dos carros e Supercharger da Tesla, Elon Musk afirmou que a montadora estava fazendo isso com o objetivo de estimular a inovação no mundo automobilístico.

Segundo o CEO da Tesla, até alguns anos atrás, a patente era pensada como uma coisa boa, benéfica. Porém, atualmente, ela atua como um impedimento ao progresso tecnológico em muitos casos.

Ainda segundo Musk, a liderança tecnológica não é definida por patentes, mas pelo poder de cada montadora de atrair e motivar os melhores engenheiros.

Por isso, a Tesla está acreditando na filosofia do código aberto, que possibilita um acesso maior à tecnologia.

Com o desenvolvimento da tecnologia relacionada a carros elétricos, haveria uma diminuição no custo de produção desse tipo de veículo.

Isso porque, quanto mais desenvolvida, uma tecnologia pode se tornar mais acessível e comum. Consequentemente, seu preço cai.

Dessa forma, a Tesla poderia economizar na produção de seus carros e do Supercharger.

Popularização dos carros elétricos 

Tesla model x

As patentes livres da tesla também têm como objetivo auxiliar na popularização dos carros movidos a eletricidade.

Isso porque, em todo o mundo, apenas 1% dos carros nas ruas são elétricos.

Desse modo, com as patentes livres da tesla, diversas montadora podem ter acesso à tecnologia de carros elétricos, e assim, aumentar a produção de novos modelos movidos a eletricidade.

Carros elétricos mais populares podem significar aumento nas vendas da Tesla

Como vimos, a proporção de carros elétricos nas ruas é mínima. Isso significa que a Tesla ainda tem um mercado limitado.

Com a popularização dos carros elétricos, mais pessoas conheceriam esse tipo de veículo e ficariam interessadas em comprar um modelo.

Dessa forma, a Tesla sairia ganhando, afinal, seu mercado poderia ser ampliado, aumentando as vendas.

Popularização do carregamento rápido de carros elétricos 

Tesla supercharger

Com a liberação das patentes do Supercharger, a Tesla também quer popularizar as estações de carregamento rápido.

E não só popularizar, mas também desenvolver. Por enquanto, as estações de carregamento rápido espalhadas pelo mundo não chegaram nem perto da eficiência do Supercharger.

Um dos aspectos que mais atrapalha na popularização dos carros elétricos é o tempo de carregamento, que pode durar até 9 horas.

Com o desenvolvimento dessas estações, os carros elétricos ficariam menos tempo carregando, aumentando também sua popularidade.

Patentes livres da Tesla são um risco para a montadora

Apesar dos benefícios da iniciativa de código aberto adotado pela Tesla, não há como negar que essa jogada é um risco para a saúde financeira da montadora.

Isso porque, ao liberar o uso de suas criações, a empresa está entregando parte do segredo de seu sucesso de bandeja para seus concorrentes.

Dessa forma, para se destacar de outras montadoras, a empresa terá que inovar cada vez mais. Ou seja, deverá criar tecnologias que possam superar seus concorrentes. 

Caso não se reinvente a todo momento, as pessoas podem acabar perdendo o interesse pela Tesla. Esse desinteresse pode levar a uma crise financeira.

Ao mesmo tempo que é um risco, as patentes livres da Tesla também se caracterizam como um impulsionador para que a montadora sempre inove no que faz. 

Xiaopeng Motors está usando patentes da Tesla em seu novo carro elétrico

A Xiaopeng Motors, montadora chinesa, revelou seu primeiro carro elétrico, o G3.

O carro se destaca principalmente por ser parecido com o Model X por fora, e por dentro, similar ao Model S.

O fundador da Xiaopeng não revelou quais patentes da Tesla foram usadas para o desenvolvimento do G3. Porém, ele admitiu que se inspirou na Tesla. 

Para saber mais sobre carro elétrico conhecido como o “clone” da Tesla, acesse esse post!

Hyperloop: transporte ultra rápido também tem patentes liberadas

Elon Musk, além de comandar a Tesla, também é o criador do Hyperloop. Esse novo e inovador meio de transporte pode atingir uma velocidade máxima de 1200 Km/h!

Assim como a Tesla, o Hyperloop teve suas patentes liberadas para que qualquer outra empresa possa desenvolver esse meio de transporte.

Para saber mais sobre o Hyperloop, acesse esse post de nosso blog

Independente dos riscos, as patentes livres da Tesla representam o grande esforço da montadora em desenvolver e tornar os carros elétricos mais populares e comuns nas ruas.

Com a tecnologia desenvolvida pela Tesla disponível para que outras montadoras possam usar, com certeza o mercado de carros elétricos poderá ter uma grande ascensão.

E você, o que acha da liberação das patentes da Tesla? Será que a montadora acertou em liberá-las para uso público? Deixe sua opinião nos comentários!

Seja o primeiro a saber das novidades!

Login/Register access is temporary disabled
Compare items
  • Total (0)
Compare
0