Carro elétrico 2019 - Guia definitivo

Carro elétrico Brasil 2019! – Guia definitivo e modelos disponíveis por aqui!

Modelos de carro elétrico estão ganhando cada vez mais popularidade por serem potentes, econômicos e ecologicamente corretos.

Por isso, diversas montadoras estão focando no desenvolvimento e produção desse tipo de veículo tão inovador e benéfico. 

Neste texto, você entenderá como funciona um carro elétrico e saberá a diferença entre um carro híbrido e um elétrico.

Além disso, conhecerá os modelos de carro elétrico disponíveis para comprar no Brasil em 2019 e os modelos inovadores da Tesla. 

Carros movidos a combustíveis fósseis: problema ambiental

Antes de tudo, é previso entender porque os carros elétricos são tão inovadores e benéficos em relação os veículos a combustão.

Veículos convencionais com motores de combustão são prejudiciais ao meio ambiente e à saúde humana.

Isso ocorre porque com a queima do combustível, gases tóxicos como o gás carbônico são liberados na atmosfera.

Esses poluentes que o carro libera colaboram na intensificação do Efeito Estufa, responsável pelo Aquecimento Global.

Por mais que seja o tipo de veículo mais popular, a cada dia se percebe que novas soluções são necessárias para alterar esse cenário prejudicial à todos. É neste cenário que aparece o carro elétrico. 

Carro elétrico: uma solução eficiente para o problema ambiental 

Tesla Model 3 teste de colisão

O mundo precisa de soluções e alternativas que sejam sustentáveis para tentar abrandar problemas de nível mundial como o Aquecimento Global.

Para tentar contornar esse problema, o governo, juntamente com empresas e a população estão tomando medidas sustentáveis procurando inserir hábitos ecologicamente corretos em seu cotidiano.

A partir desse esforço surgiram os carros elétricos, que não utilizam combustíveis fósseis, mas apenas energia elétrica para se movimentar.

Sendo a eletricidade sua fonte de energia, os carros elétricos não emitem poluentes na atmosfera, além de serem mais econômicos.

Isso porque o valor para se carregar um carro elétrico é mais baixo do que o abastecimento com gasolina (essa economia é mais evidente em outros países; no Brasil, a tecnologia elétrica ainda é um pouco cara).

Mas além dos carros 100% elétricos, há os híbridos. Estes ganharam maior popularidade nos últimos ano no Brasil por serem mais baratos que os elétricos.

Mas qual é a diferença entre um carro elétrico e um carro híbrido? Saiba a seguir.

Diferença entre um carro elétrico e um híbrido

Dois carros carregando

Por serem tecnologias relativamente novas e ainda pouco conhecidas por parte da população, muitas pessoas acabam confundindo os carros elétricos com os híbridos.

A grande diferença entre um carro híbrido e um elétrico está na fonte de propulsão que cada um utiliza.

O carro elétrico é movido a eletricidade, utilizando um motor elétrico, alimentado por uma bateria. 

O carro híbrido utiliza um motor de combustão como fonte principal de propulsão e um elétrico, que atua de forma secundária.

Para entender melhor como funciona um carro híbrido e conhecer todos os modelos disponíveis no Brasil, acesse este post completo em nosso site

Entenda, a seguir, os detalhes de como funciona um carro elétrico.

Como funciona um carro elétrico?

BYD electric e6

Um carro elétrico, como o próprio nome diz, funciona através de energia elétrica.

Isso significa que ele não emite nenhum tipo de gás poluente, pois não realiza processo de combustão a partir de combustível fóssil.

Mas como pode um carro funcionar apenas com energia elétrica?

Isso acontece graças a um motor diferente que é utilizado nesse tipo de carro. Esse motor é ativado pela energia elétrica armazenada em uma bateria. Assim, não é necessário combustível, mas eletricidade para que o carro se desloque.

Componentes de um carro elétrico

Por serem diferentes de um carro comum, os carros elétricos possuem componentes únicos que fazem com que ele funcione. Confira abaixo cada um deles.

Motor elétrico

Carro Eletrico motor

Como em qualquer outro carro, é necessário um motor para que ele funcione. No carro elétrico não é diferente, exceto pelo fato de que o motor não é de combustão, mas elétrico.

O motor elétrico também pode ser aliado a um freio regenerativo, em que a energia criada pela frenagem é reutilizada para carregar as baterias.

Outro tipo de motor, utilizado principalmente por veículos elétricos da Tesla, é o de indução.

O sistema do motor de indução possui um funcionamento bem diferente, por utilizar o campo magnético e ser constituído principalmente por duas partes: um rotor e um estator.

Se você ficou curioso e quer saber mais sobre o motor por indução, assista a esse vídeo feito pelo Learn Engineering.

Há ainda o motor síncrono, que utiliza os mesmos princípios do motor de indução, porém oferece velocidade estável, de acordo com a frequência de alimentação da corrente.

E estes não são os únicos motores elétricos existentes. Para conhecer todos os tipos de motor elétrico, acesse esse post!

Bateria

Cobalto 1

A bateria, também conhecida como bateria de tração, é a fonte de energia que dá ao motor força para funcionar e assim fazer o carro se mover.

Uma bateria de carro elétrico pode durar até 10 anos. Elas podem ser de diversos tipos como de chumbo-ácido, níquel-hidreto metálico e de lítio.

O tipo de bateria mais utilizado em modelos de carro elétrico é a de lítio. Elas possuem uma densidade energética maior, podendo armazenar mais energia em um menor espaço. Para saber tudo sobre baterias de lítio, clique aqui

Bateria auxiliar

É a responsável por fornecer energia para a partida do motor, pois antes da partida, as baterias principais ainda não estão em funcionamento.

Além de prover energia para a partida, essa bateria também é a fonte que liga os acessórios, como rádio, carregadores de celular, etc.

Conversor CC/CC

Esse componente é utilizado para converter a corrente contínua de alta voltagem da bateria de tração para uma voltagem mais baixa, para que a bateria auxiliar possa ser carregada e os acessórios do carro possam continuar funcionando.

Entrada para carga de energia 

É pela entrada para a carga de energia que todo o processo começa, pois é por ela que a eletricidade entra no carro e vai direto para as baterias.

A entrada de carga permite que um plug seja conectado ao carro para que ele seja carregado.

Regulador de potência

Transforma a corrente alternada (AC) vinda da energia do carregador em corrente contínua (CC) para que a bateria seja carregada. Além disso, regula a voltagem e a temperatura enquanto a bateria está sendo carregada.

Transmissão

É responsável por transmitir a energia motor elétrico para as rodas. Dessa forma, o carro consegue se locomover.

Uma ótima vantagem do carro elétrico é que não é necessário trocar marchas, pois o torque é imediato. Dessa forma, o carro consegue atingir uma velocidade mais alta em menos tempo.

Unidade de controle

Esse componente é responsável por controlar a energia vinda das baterias principais. Também controla a velocidade e torque do motor elétrico.

Sistema de resfriamento

O sistema de resfriamento é o responsável por manter todos os componentes do carro elétrico na temperatura adequada.

Esses são os componentes essenciais para o bom funcionamento de um carro elétrico.

Resumindo: como funciona um carro elétrico

Com a integração de todos esses componentes, um carro elétrico funciona perfeitamente: a energia sai da estação de recarga diretamente para a entrada de carga de energia.

De lá, ela é transportada para as baterias principais. Das baterias principais, é transportada para o motor, que a transforma em energia cinética, ou seja, em movimento.

Todo o processo de transporte de energia é regulado e modulado pelos conversores.

Para saber mais sobre, acesse o site do Departamento de Energia dos Estados Unidos. Lá você encontrará mais informações técnicas sobre o assunto.

Como carregar um carro elétrico: tomada comum X eletroposto

Taxa de ociosidade do Supercharger

Carros elétricos utilizam energia para funcionar. Por isso, devem ser carregados em tomadas comuns, como as que todos têm em casa, ou em eletropostos.

Os carros elétricos podem ser carregados diretamente de uma tomada 110 ou 220V em sua casa. 

Praticidade é a palavra para descrever essa inovação, pois o carro pode ser usado durante o dia, e durante a noite, enquanto o motorista está dormindo, é possível deixar o carro carregando.

O tempo de carregamento pode variar de acordo com o modelo de carro, mas geralmente leva em média mais de 8 horas em uma tomada 220v.

O Nissan Leaf, por exemplo, é carregado por completo em 16 horas, utilizando uma tomada comum.

Porém, há também os eletropostos, ou estações de carregamento rápido. Estes permitem que o carro elétrico seja carregado em muito menos tempo.  

O mesmo carro, Leaf, em um eletroposto, tem 80% da bateria carregada em 40 minutos. 

O Model 3, da Tesla, por exemplo, tem carga completa em menos de 1 hora em um Supercharger – Eletroposto da montadora.

No Brasil, já há grandes redes de eletropostos – umas concluídas e outras em desenvolvimento. 

A BMW, em parceria com a EDP, construiu a maior rede de eletropostos do Brasil. Os postos de carregamento da montadora ligam São Paulo ao Rio de Janeiro.

Além da BMW, a EDP, em parceria com a Findes, também estão desenvolvendo a maior rede de eletropostos do Espírito Santo

O Paraná também ganhará uma rede gigante de postos de carregamento. Ela ligará o Porto de Paranaguá à Foz do Iguaçu.

Quanto dura a bateria de carros elétricos?

Agora que você já sabe que um carro elétrico pode ser carregado em uma tomada comum ou em um eletroposto, deve estar se perguntando: quanto tempo dura a bateria até que precise ser carregada novamente?

A resposta é bem simples: depende. Cada modelo possui suas próprias especificações, inclusive um tempo de duração de bateria, mas a maioria dos modelos possui autonomia a partir de 160 Km.

O Model S da Tesla, por exemplo, tem autonomia de 426 Km. Outros modelos podem ter maior ou menor autonomia.

Quanto custa carregar um carro elétrico?

O custo para carregar um carro elétrico irá variar de acordo com o modelo do veículo. Porém, é possível ter uma média desse gasto.

A tarifa média do kWh é R$ 0,50. Considerando que carros elétricos gastam uma média de 30 kWh para andar 160 Km, gasta-se cerca de R$ 15 para andar essa quilometragem.

Para recarregar o Chevrolet Bolt EV, com 383 Km de autonomia, gasta-se cerca de R$ 40. Com o Renault Zoe, o gasto é de R$ 30 para 300 Km de autonomia. 

Carro elétrico é mais econômico que veículos a combustão

Um carro elétrico é mais econômico do que um convencional. Isso porque o sistema do carro sempre tenta minimizar o uso de energia, poupando o máximo possível.

Em frenagens, por exemplo, a bateria consegue compensar a perda de energia recarregando um pouco seu nível de energia armazenada. Outra medida de economia é o desligamento automático do carro quando este está parado.

Sabe-se que no Brasil o custo de carregamento ainda é um pouco alto em comparação com outros países que já adotaram em maior quantidade o uso de carros elétricos. Mesmo assim, esse tipo de veículo continua sendo bem econômico.

Agora que você sabe tudo sobre carros elétricos, conheça os modelos que estão chegando ao Brasil em 2019.

Carros elétricos para comprar no Brasil em 2019: conheça os modelos

2019 marca o ano da chegada de novos modelos de carro elétrico ao Brasil. Até então, havia apenas um modelo à venda, o BMW i3.

Mas após o Salão do Automóvel de São Paulo, novos modelos “verdes” aportam no Brasil. Conheça os carros elétricos parar comprar por aqui em 2019.

Chevrolet Bolt EV

Chevy Bolt 2

O Bolt é o primeiro carro elétrico da Chevrolet a chegar ao Brasil. O veículo se destaca por sua potência, autonomia e, principalmente, economia.

Com um motor de 203 cavalos, o Bolt EV pode ir de 0 a 100 Km/h em apenas 7 segundos, atingindo a máxima de 146 Km/h. 

O veículo conta com um conjunto de baterias de lítio com 60 kWh, dando uma autonomia total de 383 Km.

Para carregar o Bolt EV por completo o motorista paga apenas R$ 40. O Chevrolet Bolt EV chega ao Brasil em 2019 por R$ 175 mil. 

Para saber tudo sobre o carro elétrico da Chevrolet, acesse esse post!

Nissan Leaf

Nissan Leaf

O Leaf é outra novidade que chega ao país em 2019. O carro já havia sido usado aqui durante as Olimpíadas, por taxistas.

Em nova versão, o Nissan Leaf ganha maior potência, podendo chegar a 144 Km/h. Com uma recarga, o carro pode rodar 241 Km. 

Mas um dos destaques do Leaf é o e-pedal, que permite ao motorista usar apenas um pedal para acelerar e frear o veículo.

O carro já está em pré-venda no site da Nissan por R$ 178,4 mil. Para saber mais sobre o Leaf, acesse esse post!

BMW i3 REX

BMW i3

Conhecido por ser o primeiro carro elétrico a ser vendido no Brasil, o BMW i3 chega ao país em três versões com maior autonomia.

Com um motor elétrico de 170 cavalos, o elétrico da BMW vai de 0 a 100 Km/h em 8 segundos e chega a 150 Km/h. 

A nova geração do carro ganhou uma bateria maior, dando 180 Km de autonomia no modo 100% elétrico. Com o uso do REX – pequeno motor à combustão que gera energia – o veículo pode rodar 385 Km.

A nova geração do i3 tem três versões: REX, REX Connected e REX Full. A versão mais simples, REX, sai por R$ 199,9 mil. 

Para conhecer melhor as três versões do BMW i3 REX, clique aqui!

Renault Zoe

Renault Zoe chega ao Brasil em 2019

Sucesso de vendas na Europa, o Renault Zoe finalmente chega ao Brasil em 2019 como o carro mais barato da categoria, saindo por R$ 149,9 mil.

Apresentado no Salão de São Paulo, o carro da Renault conta com um motor de 92 cavalos, com máxima de 135 Km/h.

O veículo apresenta uma bateria de lítio de 41 kWh, gerando 300 Km de autonomia. O custo aproximado para carregar o carro é de apenas R$ 30. 

O Renault Zoe já está disponível para test-drive em duas concessionárias: uma em São Paulo e outra em Curitiba. Para saber mais sobre test-drive e especificações do Zoe, acesse esse post!

e.coTech4

Ecotech4

O e.coTech é um carro compacto perfeito para uso na cidade, vendido pela montadora brasileira Hitech Electric.

O veículo é vendido em duas versões, com capacidade para quatro ou dois passageiros. Com um motor elétrico de 5 kW de potência, o carro chega a 60 Km/h. 

Com baterias de gel, o veículo da Hitech Electric pode rodar 100 Km até a próxima recarga. É possível comprar o e.coTech4 através do site da Hitech por a partir de R$ 57,8 mil.

Para saber tudo sobre o e.coTech4 e sua versão para 2 passageiros, e.coTech2, clique aqui!

Carros elétricos criados no Brasil

Apesar de ainda não ser um produtor significativo, o Brasil possui alguns modelos projetados e produzidos aqui mesmo. Confira abaixo alguns modelos de carro elétrico inventados por brasileiros.

Podcycle

Pod Cycle

Projetado por estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina, o intuito do Podcycle é ser um veículo compartilhado, ou seja, ele não será comercializado, mas alugado por curtos períodos de tempo.

O Podcycle tem autonomia de 100 Km e pode alcançar uma velocidade máxima de 100 Km/h.

JAD e JAD 2

jad carro eletrico brasileiro

O mini carro elétrico JAD foi criado pelo engenheiro João Alfredo Dresch e finalizado em 2010. A velocidade máxima atingida pelo veículo é de 70 Km/h.

Após 4 anos, o sucessor JAD 2 foi lançado e apresentava diversas melhorias com relação ao primeiro modelo. A velocidade máxima, por exemplo, quase dobrou, indo de 70 para 120 Km/h.

Mas o mais incrível no JAD é seu tempo de carregamento. A bateria do veículo é carregada por completo em apenas 1 hora, em uma tomada comum 110 ou 220 V!

Além disso, o carro não possui maçanetas, pois sua abertura é feita através de um controle remoto.

Nanico Car

Nanico Car 2

O Nanico Car é o carro elétrico criado no Brasil que impressiona por seu tamanho. 

O carro é bem compacto, com um design moderno e velocidade máxima de 80 Km/h.

Por mais que ainda seja relativamente baixa, olhando para os modelos acima citados, é possível entender que a produção de carros elétricos no Brasil está – mesmo a passos lentos – caminhando. 

O carro tem um valor estimado em R$ 15 mil. Há também versões movidas a gasolina e gás natural veicular.

Tesla: conheça os incríveis carros elétricos da gigante do automobilismo

É praticamente impossível pensar em carros elétricos sem lembrar da montadora que abriu caminho para esse tipo de veículo: a Tesla

Fundada em 2003 por  Marc Tarpenning e Martin Eberhard e atualmente comandada pelo famoso empresário Elon Musk, a Tesla se supera a cada novo modelo lançado.

Confira a seguir todos os modelos da montadora que estão disponíveis no mercado.

Model S

model s vermelho

Lançado em 2012, o Model S é o segundo modelo da Tesla (O primeiro foi o Roadster primeira geração, que não está mais à venda). 

O modelo se destaca por seu design e ótima performance. Veja abaixo as principais especificações técnicas do Model S.

Design

O Model S, sedã esportivo da Tesla , possui um visual bem elegante e luxuoso, sem perder o ar futurista.  Em seu exterior, uma das características que mais chama atenção é o teto panorâmico, todo feito em vidro.

Por dentro o luxo continua: bancos de couro e tela gigante no painel são alguns dos aspectos que dão ao veículo um toque de futurismo e elegância.

Potência e autonomia 

E os pontos positivos não param no design. O model S é uma máquina bem potente.

A Versão P100D do Model S conta com motores elétricos com potência combinada de 689 cavalos, chegando a uma velocidade máxima de 250 Km/h.

Com toda essa potência, o Model S vai de 0 a 100 Km/h em apenas 2.5 segundos!

O Model S conta com um conjunto de baterias de 100 kWh, podendo rodar incríveis 506 Km até que uma recarga seja necessária.

Para facilitar a vida do motorista, a Tesla instalou Superchargers em diversas rodovias ao redor do mundo. Nessas estações de carregamento super tecnológicas, é possível carregar o Model S em apenas 1 hora.

E o melhor de tudo é que donos do Model S não pagam pela recarga nos Superchargers.

Preço

O Model S pode ser comprado através do site da montadora por US$ 84,750.

Por enquanto, o carro elétrico não é vendido oficialmente no Brasil, mas é possível encontrá-lo em importadoras de carro.

Model X

Tesla X branco com as portas abertas

Passados 3 anos do lançamento do Model S a Tesla iniciou as vendas do Model X, conhecido por ser um dos carros mais difíceis de construir do mundo!

Design

O Model X é o primeiro SUV desenvolvido pela Tesla. O carro é puro luxo, além de ter aquele visual futurista que a Tesla sabe fazer muito bem.

Mas o que mais chama atenção no design do Model X são suas portas traseiras, que abrem de forma vertical.

Chamadas de “Asas de gaivota”, as portas abrem de forma automática e possuem sensores que identificam a altura do teto e regulam sua abertura.

Potência e autonomia

A versão mais potente de Model X, P100D, dá um show de performance.

O carro conta com dois motores, um com 503 cavalos de potência e o outro com 209 cv, chegando a até 250 Km/h.

A aceleração do Model X também surpreende: ele vai de 0 a 100 Km/h em apenas 2,9 segundos. Com uma potência dessas, o carro também não poderia decepcionar no quesito autonomia.

O SUV da Tesla conta de com um conjunto de baterias de lítio de 100 kWh, possibilitando ao Model X uma autonomia de até 465 Km.

Assim como o Model S, o X pode acessar os Superchargers gratuitamente e ter a bateria carregada completamente em 1 hora.

Preço

Por ser um veículo inovador em muitos aspectos, o Model X acaba tendo um preço alto para o padrão brasileiro de compra. Aqui em nosso país, o veículo custa mais de R$ 900 mil na Webmotors.

Nos EUA, a Tesla vende o Model X P100D por US$ 128,950. Convertendo em reais, o carro sairia por R$ 480 mil. 

Para conhecer mais sobre o Model X, acesse o site da Tesla.

Model 3

Model 3

Conhecido por ser o carro de entrada da tesla, o Model 3 traz ótimas especificações por um preço relativamente baixo.

Design

Em contraste com o Model S e X, o 3 é um pouco mais “simples”, porém, ainda luxuoso. Para os padrões brasileiros, o Model 3 é considerado um veículo de luxo.

Além de ter um visual digno de carro da Tesla, o Model 3 ganhou 5 estrelas no teste de segurança da NHTSA, tornando-se o carro elétrico mais seguro do mundo

Potência e autonomia 

Ser mais barato que os outros modelos da Tesla não faz do Model 3 mais lento. Pelo contrário. O carro, na versão com dois motores e tração nas quatro rodas, chega a 250 Km/h. 

Na versão com autonomia estendida, o Model 3 pode rodar 498 Km até que uma recarga seja necessária. 

O tempo de carga do Model 3 vai depender de onde ele é carregado. Em uma tomada 220 V comum, o carro leva em torno de 8 horas para ser carregado por completo.

Já em um Supercharger esse tempo cai consideravelmente. Em 30 minutos, é possível carregar o suficiente para rodar 273 Km.

O Model 3 não pode ser carregado gratuitamente nas estações da Tesla.

Preço

O Model 3 já está sendo vendido nos EUA e na Europa. Por enquanto, o veículo não está à venda no Brasil.

Nos EUA, o carro sai por a partir de US$ 35,9 mil. A versão com dois motores e tração integral custa US$ 53,9 mil.

Em conversão para reais, o modelo mais completo sairia por R$ 200 mil.

Apesar de já ter aberto a reserva do veículo em seu site, a Tesla ainda não entregou todas as unidades. A montadora está tentando normalizar as entregas aos poucos. 

Roadster 2020

Roadster versão 2020

O primeiro veículo elétrico produzido pela Tesla voltará em uma segunda geração, prometendo ser o carro elétrico produzido em massa mais rápido do mundo.

Design

Com um design esportivo impactante, o Roadster equilibra seu visual menos robusto comparado aos outros modelos da montadora com traços futuristas, marca registrada da Tesla.

O que mais impressiona no visual do Roadster é seu teto de vidro que pode ser removido, o transformando em um conversível.

Potência e autonomia

Esse é o ponto forte da segunda geração do Roadster. Mesmo antes de ser lançado, apenas com as informações dadas pela Tesla, o Roadster já está sendo considerado o elétrico comercial mais rápido do mundo!

O Roadster chega a uma velocidade máxima de 400 Km/h! Além disso, vai de 0 a 100 Km/h em apenas 1.9 segundos.

E parece que o Roadster não quer impressionar apenas na potência. O carro da Tesla terá uma autonomia que chega aos 1000 Km.

Preço

O Roadster só será comercializado em 2020, porém uma estimativa de preço já foi feita.

O veículo custará em torno de U$ 200 mil, cerca de R$ 750 mil em conversão direta. Por enquanto, ainda não se sabe se ele será vendido aqui no Brasil.

Quer saber mais sobre a Tesla e seus incríveis carros elétricos? Acesse esse post de nosso blog e fique por dentro de todas as novidades da montadora!

Com a alta demanda por carros elétricos, é preciso que toda a população conheça os benefícios que ele proporciona à sociedade.

Saber como um carro elétrico funciona e como ele ajuda na preservação do meio ambiente também é muito importante.

Os carros elétricos são o futuro dos meios de transporte e estamos mergulhando nesse novo mundo aos poucos. A expectativa é que cada vez mais modelos de carro elétrico cheguem ao nosso país, trazendo inovação e tecnologia. 

Você acha que os carros elétricos ficarão mais baratos e populares no Brasil? Deixe sua opinião nos comentários!