Electric GT: corrida com Model S da Tesla começa em 2018

A Electric GT está organizado a Electric Production Car Series (EPCS), uma corrida que conta somente com unidades do Model S, carro elétrico superpotente da Tesla. Após alguns atrasos, o campeonato finalmente começará em 2018.

Com o objetivo de mostrar ao público a importância dos carros elétricos e da geração de energia limpa, a Electric GT promoverá corridas com o Model S, além de organizar um festival chamado “Day Of LIght”.

Durante esse festival, além de ver as corridas, o público poderá conhecer mais sobre as inovações no segmento de carros elétricos.

Dividido em várias etapas, o campeonato de carros da Tesla criado pela Electric GT contará com 20 pilotos, divididos em 10 equipes. Cada etapa terá a duração de um final de semana.

Os Model S usados na corrida foram modificados para se tornarem mais leves e potentes, podendo atingir velocidades mais altas. 

Após alguns adiamentos, a primeira etapa da corrida ocorrerá em 2018 na França, passando por diversos outros países da Europa.

Saiba tudo sobre a  Electric Production Car Series, a corrida de carros elétricos da Electric GT.

EPCS: a corrida de carros da Tesla  

Electric GT 3

 

O Electric Production Car Series – Campeonato de Carros Elétricos de Produção – é um campeonato criado pela Electric GT Inc., empresa responsável pela organização de eventos relacionados a carros elétricos.

Diferente de outras competições, como a Fórmula E, todos os carros são idênticos na EPCS.

Para a realização da corrida, unidades do Model S – adaptado – são usadas.

A ESPC contará com 20 pilotos, que serão divididos em 10 equipes diferentes. O sistema de classificação da EPSC será parecida com o usado na Fórmula 1. Durante a temporada, os colocados serão rankeados através de pontuações. 

O evento terá duração de um final de semana. Em cada dia, etapas diferentes do campeonato serão realizadas.

Sexta-Feira

No primeiro dia da Electric Production Car Series, as corridas de teste e classificatória são realizadas. Esse é um dia crucial para que o piloto possa se sair bem nas corridas principais. Confira as corridas que ocorrem na sexta-feira.

Shakedown

No primeiro dia da competição de carros da Tesla, a primeira etapa a ser cumprida é o Shakedown.

Este é o primeiro teste que o piloto realizará na pista em que irá competir.

Geralmente, durante o Shakedown, detalhes do funcionamento básico do carro são checados. Assim, pode-se assegurar a confiabilidade do veículo no momento das corridas.

Nessa etapa, os carros correm a uma velocidade reduzida.

Corrida não classificatória

Também na sexta-feira é realizada a corrida não classificatória. Essa corrida é considerada um teste, para que o piloto possa conhecer a pista antes das corridas principais.

Na corrida não classificatória – com duração de 20 minutos –  o piloto pode correr com o carro em sua potência máxima. Essa a última chance de verificar se o veículo está está funcionando corretamente, ou se mais algum ajuste é necessário.

Corrida classificatória

Ainda na sexta-feira, os pilotos participam da corrida classificatória. Ao contrário das anteriores, esta não é um teste.

A corrida classificatória é decisiva para a formação do grid – posição de largada dos carros na primeira corrida principal.   

O piloto que fizer a volta mais rápida durante esta etapa receberá três pontos adicionais.

A classificatória é formada por duas corridas com 10 pilotos cada, em um circuito de três voltas.

Os três melhores de cada corrida classificatória disputarão outras três voltas. O vencedor largará na pole position na primeira corrida.

Sábado: primeira e segunda corrida 

Electric GT 2

O segundo dia da EPCS é marcado pela realização das duas principais corridas da competição.

A primeira ocorre durante o dia e tem seu grid formado a partir da colocação de cada piloto na corrida classificatória.

Durante a noite, a segunda corrida é realizada. O grid desta é formado pelo inverso da classificação da primeira corrida.

As duas corridas têm um percurso máximo de 60 Km e o piloto que ficar em primeiro lugar receberá 25 pontos.  

Os dois melhores pilotos e os dois mais votados pelo público – através das redes sociais – participarão de um campeonato de Drift, valendo mais três pontos no ranking.

Model S será usado pela Electric GT para EPCS

O sedã de luxo Model S, da Tesla, será usado para as corridas organizadas pela Electric GT.

O modelo da montadora comandada por Elon Musk foi adaptado para uso nas pistas de corrida.

Inicialmente, a intenção era utilizar a versão P85+ do Model S, porém, no final das contas, a empresa decidiu adotar o P100D, versão mais potente.

A Electric GT retirou alguns itens internos do carro, além de usar um composto de fibra natural em sua construção. Tudo isso para que o carro fique mais leve, e assim, mais potente. 

E de fato ficou. O carro, que originalmente pesa 2.250 Kg ficou 500 Kg mais leve. 

Electric GT Model S

O Model S P100D adaptado dispõe de 784 cavalos de potência, 995 Nm de torque e pode chegar a 250 Km/h.

Devido ao uso do modo “Ludicrous+”, que permite a utilização da potência máxima do carro, o Model S pode ir de 0 a 100 Km/h em 2.1 segundos.

Com um conjunto de baterias de lítio de 100 kWh, o Model S P100D adaptado pode correr 90 Km até que precise de uma recarga.

Como se pode notar, não faltará alta performance na EPCS.

Primeira edição da EPCS é adiada para 2018

A Electric GT agendou o início da Electric Production Car Series para o dia 25 de novembro de 2017. Porém, o campeonato precisou ser adiado.

Nesse dia, ocorreu apenas o evento “Day Of Light”, que contou com grandes anúncios sobre como funcionará o festival da Electric GT durante os campeonatos. Nada de corrida.

Durante um dos testes antes da estréia da EPCS, um Model S acabou batendo na pista. Esse pode ter sido um dos fatores para o adiamento.

FIA aprova corrida da Electric GT 

Electric GT tesla

Após o adiamento da corrida com carros da Tesla, a versão adaptada do veículo precisou passar por alguns testes de colisões.

Após ser provado que o carro é seguro, a FIA – mesma instituição que regulamenta a Fórmula 1 – aprovou a realização da EPCS.

Com essa aprovação, a Electric GT já anunciou que a primeira etapa da EPCS ocorrerá em 2018, na França. Por enquanto, datas concretas não foram divulgadas.

Sabe-se que após a França, o campeonato será realizado em vários outros países europeus como Inglaterra e Alemanha.

Além das corridas principais, o evento/festival da Electric GT contará com corridas de Kart e simuladores de corrida. Não faltará emoção e experiências de imersão para os espectadores.

A criação da Electric Production Car Series é mais um indicativo da força que os carros elétricos estão ganhando mundo afora.

Com a realização das corridas com carros da Tesla, o público pode entender que carros elétricos podem sim ser muito potentes.

Seja o primeiro a saber das novidades!

Login/Register access is temporary disabled
Compare items
  • Total (0)
Compare
0