Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi lança Fundo Bilionário para carros elétricos

Aliança entre as montadoras Renault, Nissan e Mitsubishi anunciou um fundo que investirá U$ 200 milhões no primeiro ano. Os investimentos, focados em inovações, pode chegar a até 1 bilhão em  2022. Anúncio foi feito no dia 9 de Janeiro de 2018.

Renault Twizy, Nissan Leaf e Mitsubishi Outlander já demostram que as montadoras enxergam o futuro nos carros elétricos. Não é de se surpreender que o primeiro investimento do fundo será na empresa americana Ionic Materials, empresa que produz materiais com foco em revolucionar baterias.

mitsubishi Outlander Hibrido

Futuro elétrico já em 2022

Segundo o site da Nissan a aliança, que é a maior do setor automotivo, mira inovações tecnológicas que se beneficiarão e poderão escalar globalmente. As áreas de interesse incluem eletrificação, veículos autônomos e conectividade veicular.

Espera-se que sejam lançados 12 modelos de carros 100% elétricos até o final do projeto, em 2022. A Aliança também almeja 40 veículos autônomos, além de desenvolver um transporte sob demanda, que também não necessite de motorista. Projetos de carros autônomos já estão mais desenvolvidos por Uber e Google.  

Uber autonomo 3

Anuncio feito na CES 2018

O anúncio foi feito oficialmente pelo CEO da aliança no CES 2018, algo como Feira  Internacional de Eletrônicos para o Consumidor, um dos maiores eventos de tecnologia do mundo onde vários produtos de sucesso foram lançados.

Exemplos de produtos que foram vistos a primeira vez na feira e fizeram sucesso vão desde CD’s e DVD’s, até Carros Autônomos.

A feira têm atraído cada vez mais montadoras e este ano contou com a apresentação de 6 novos modelos de carros elétricos.

Carros elétricos: Uma revolução em toda a cadeia produtiva

A escolha do evento mostra a reestruturação que o setor automotivo vem passando. Carros elétricos inovam não apenas na tecnologia, mas também na maneira como as montadoras agem. Montadoras unindo esforços mirando o mercado de carros elétricos, colaborando entre elas e ajudando empresas nascentes são outro claro exemplo desta mudança.

O CEO da aliança, Carlos Ghonson,  ressalta intenção do projeto: “Nossa estratégia para inovação aberta nos dará condições de investir e firmar parcerias com startups e empreendedores da área de tecnologia, que se beneficiarão da escala mundial da Aliança. Este novo fundo reflete o espírito colaborativo e empresarial que está no cerne da Aliança”

Twitter CEO Aliança

Fonte: Twitter da empresa

O especialista no mercado de carros elétricos, Gustavo Souza, retrata como essas práticas vem se tornando cada vez mais tendência: “O mercado de carros elétricos tem essa característica de inovar também na maneira de se fazer negócios, a gigante Tesla, por exemplo, abriu mão de todas suas patentes para quem quisesse usá-las de ‘boa fé’.”

Essa mudança ocorre em toda a cadeia produtiva, sendo resultado de um consumidor mais consciente que não quer impactar no meio ambiente e sabe onde encontrar informações.  “Estes modelos de negócio são reflexo de consumidores mais conscientes, que buscam todas as informações dos produtos que consomem” completou Gustavo.

Primeiro investimento será na Ionic Materials

Ionic Materials, com sede em Massachusetts, EUA, foi fundada mirando um novo tipo de bateria, diferente das baterias de Lítio. A bateria utiliza eletrodos e eletrólitos sólidos ao invés dos eletrólitos líquidos utilizados nas baterias de lítio.

A empresa se diferencia ainda pelas suas baterias não conterem cobalt, colocando a parceria como estratégica para as montadoras da aliança no caminho inevitável dos carros elétricos.  

 

 

Seja o primeiro a saber das novidades!

Login/Register access is temporary disabled
Compare items
  • Total (0)
Compare
0