Carros Híbridos no Brasil: modelos para comprar hoje

Por que estamos vendo cada vez mais carros híbridos no Brasil? Já está bem claro para a indústria que em questão de tempo carros movidos a diesel e gasolina vão virar artigo de museu. Grandes marcas mundiais, que não são nada bobas, estão começando a investir tempo e dinheiro na manufatura de veículos que dispensem combustíveis fósseis.

Muito já foi dito neste sentido, mas não custa repetir: carros elétricos são o futuro.

Contudo, a transição não é tão simples. Utiliza-se uma tecnologia que só está sendo realmente explorada agora (precisa fazer muitos ajustes principalmente quanto ao alcance e à potência da bateria) e os carros elétricos ainda são muito caros (o custo de insumos e de produção é muito mais alto).

A indústria de elétricos vê-se obrigada a fazer algumas concessões iniciais para que o consumidor não seja repelido por um custo-benefício desfavorável.

Ora, como ser competitivo no presente e ao mesmo tempo emplacar um projeto mais rentável para o futuro?

É neste ponto que entra o carro híbrido, um meio-termo entre o carro convencional e o elétrico que, poluindo menos que os carros do passado (mas ainda assim poluindo um pouco), é uma alternativa mais pragmática ao automóvel totalmente elétrico e limpo. Por enquanto.

Como funcionam os carros híbridos?

O nome já diz tudo que é preciso saber. Os híbridos, como aquelas misturas de vampiro e lobisomem, são o resultado da fusão de propostas. Possuem baterias com a mesma distribuição complexa de um modelo elétrico comum, mas também um motor de combustão separado. Este motor, embora seja quase idêntico ao dos carros tradicionais, é bem menor e dispõe de funções que evitam o desperdício.

É como se o carro híbrido possuísse dois núcleos, sem exatamente haver a prevalência de um sobre o outro. Então, apesar de separados, esses motores também podem ser interdependentes para que o carro apresente a alta performance de que é capaz

Assim, o motor de combustão alimenta as baterias do carro e a energia armazenada é então utilizada eletricamente pelo veículo sem necessidade da queima de combustível. O motorista pode alternar entre os dois motores ou utilizá-los simultaneamente. Carros mais modernos já fazem essa escolha por ele, passando para o motor de combustão quando o veículo precisa de mais força e velocidade.

Vale lembrar que a bateria dos híbridos normalmente não é carregada na tomada, como se dá com os carros elétricos. A bateria é carregada pelo motor a combustão e por recuperação de energia em frenagens.

Esta constante otimização é o que torna o híbrido tão efetivo em reduzir a poluição, representando um gigantesco passo dos carros verdes à frente dos convencionais “amiguinhos” do aquecimento global.

O que é um carro verde?

Carro verde é o apelido que os carros elétricos e híbridos receberam da mídia especializada, por serem modelos mais sustentáveis. Apesar do híbrido ainda poluir um pouquinho.

Quero comprar um carro híbrido! E agora?

Parabéns pelo bom gosto. Comprando um carro híbrido você, além de economizar muito em gasolina (sério, economizar MUITO mesmo), de quebra dá uma ajudinha importante para o planeta Terra.

Além do mais, pode ser realmente mais complicado comprar um carro elétrico no momento. Fora as desvantagens sinalizadas pela bateria de desempenho limitado, no Brasil há um sério problema de disponibilidade. Para piorar, apenas unidades caríssimas vêm sendo lançadas (cadê os chineses?!). Portanto, o custo-benefício se torna um pouco questionável. Para o motorista, claro, não para o planeta.

Por falar em preço, taí algo em que você precisa se ligar. O custo elevado dos carros elétricos e carros híbridos em grande parte se deve ao fato de que estes modelos são importados e revendidos pelas montadoras.

Ou seja, você também pode importar independentemente qualquer carro à sua escolha, se achar mais proveitoso e possuir o capital necessário para adquirir o modelo exato que ambicionava.

Mercado em expansão

Pode-se argumentar que a fatia pequena de carros elétricos, com poucos modelos e compradores em relação ao resto do mercado automobilístico no Brasil, deriva justamente desta demora para a fabricação de marcas nacionais.

É claro que o mercado está em expansão. Os carros verdes deverão substituir os tradicionais muito em breve, especialistas e a mídia não se cansam de repetir.  No entanto, por mais que em países como China e Alemanha este futuro elétrico já seja uma realidade, o interessado brasileiro infelizmente ainda tem que empregar um maior esforço financeiro e de pesquisa a fim de selecionar o carro mais apropriado para seus desejos.

Felizmente, nós te ajudamos com isso. Selecionamos os carros híbridos que você pode comprar no Brasil agora mesmo e, para te ajudar nessa jornada pelo modelo perfeito (ou dos sonhos), falamos com detalhes sobre cada um deles.

Vamos lá?

Toyota Prius

Prius Hibrido

Artigo completo sobre o Toyota Prius brasileiro.

O primeiro carro híbrido do mundo. Não é pouca coisa, não é? Bom, ele não é só o primeiro: é um dos melhores e mais bem-sucedidos.

Este impecável pioneiro da Toyota vendido no Brasil por valores superiores a R$120.000 (aqui o link para encomendá-lo direto na montadora) chegou em 2016 ao seu quarto e mais avançado modelo.

É um carro de design moderno e marcante. O comprador pode escolher a cor da carroceria, que vem em sete opções, e o “bicho” ainda conta com uma bela e poderosa iluminação de LED digna de OVNI em estrada deserta.

Confortável, o carrão tem ar condicionado dual de regulagem digital, banco de motorista ajustável eletricamente, bancos dianteiros com sistema elétrico de aquecimento, SmartEntry (um sistema exclusivo da Toyota que permite que você abra seu carro sem pressionar o botão da chave, bastando que esta esteja próxima à porta do veículo), e Start Button, que também simplifica sua ignição.

Toyota Prius é aprovado pelo INMETRO

Força e inteligência também são atributos do Prius (praticamente um samurai). Seu sistema Hybrid Synergy Drive possui, obviamente, duplo motor: um de combustão, com 1,8L e 98 cavalos de potência, e um elétrico, somando mais de 120 cavalos de potência.

Como todo excelente híbrido, o Prius automaticamente alterna entre as funções (disponibilizadas como opções de condução, também selecionáveis manualmente) ideais para cada momento, sabendo quando economizar com a bateria e quando a combustão deve entrar em ação.

Para o leitor ter uma noção melhor do que isto quer dizer: sua eficácia é tão incrível que o Prius foi considerado o carro mais econômico do Brasil, segundo o INMETRO. Diversos donos deste automóvel relatam conseguir uma média de 20 a 25 kms por litro!

Carro mais econômico do Brasil!

Realmente não dá para poupar elogios ao Toyota Prius, que é eficiente, confortável, bonito, econômico e sustentável. Vamos torcer para a gigante japonesa seguir aperfeiçoando sua linha de híbridos e elétricos. Ela e seus clientes só têm a ganhar.

Fusion Hybrid

carro híbrido ford fusion

Tenho certeza de que a Ford é tão influente que dispensa apresentações. É indubitavelmente o nome mais famoso da indústria, ao lado de marcas como Fiat e Mercedes. Bom, o Fusion Hybrid (site oficial aqui) é um modelo da empresa, disponível em sete cores, que tem feito tanto sucesso que é capaz de também começar a dispensá-las em breve.

Sucesso de vendas comparável ao Toyota Prius (em vários sentidos seu principal concorrente) o Hybrid é, como o nome já sugere, um dos híbridos que mais apostam em tecnologia, desempenho e aparência. Para o leitor ter uma ideia, ele desfruta de tantos recursos e opções que se fossemos falar de cada um deles detalhadamente, este artigo teria o triplo do tamanho.

Um repertório tão dinâmico também explica o preço acima de 150 mil reais para o carro completo (a versão com as todas as configurações e tecnologias), tornando-o mais caro do que seus principais rivais.

Além das excelentes otimização de motores (EV+) e ignição automática (Ford Power), similares às do Prius, o Fusion Hybrid possui um moderníssimo sistema multimídia de integração e compatibilidade chamado SYNC 3, que deixa o sedã quase inteiramente controlável por comandos de voz, o que inclui controles de climatização, GPS, entretenimento e celular (conectado ao sistema).

O carro, aliás, dispõe de um sistema inteligente de estacionamento automático que auxilia o motorista em entrar ou sair de vagas.

O desempenho do Fusion Hybrid também é invejável. Consumindo pouca gasolina (16,8km/l) e dono de uma potência combinada de 190 cavalos, não é por acaso que o sedã da Ford também entrou para o ranking do INMETRO de carros mais econômicos do país.

Em resumo: um veículo poderoso, inteligente e sustentável. Realmente são poucos os modelos de híbrido disponíveis no Brasil, mas em compensação é só carrão.

BMW i3

bmw i3 prata

É preciso ter cautela ao falar do BMW i3.

Isto porque o modelo foi apresentado em versão elétrica e híbrida. O que aportou no Brasil e pode ser analisado e comprado aqui é híbrido, mas um híbrido quase elétrico. Explico: é que este BMW i3, apesar de utilizar um pequeno motor a combustão, foi originalmente pensado como carro elétrico e possui até a bateria recarregável.

O carro da BMW vem dotado de potência respeitável (170cv), torque de 25,5 kgfm, suspensão e rodas de alumínio forjado, sistema de conectividade e navegação inteligentes, controle de tração e consumo de gasolina reduzidíssimo (60,5km/l). Uau. Na verdade, este último quesito do BMW i3 é tão econômico que, embora não justifique, talvez relativize o preço de 169.900 reais do carro. Uau de novo.

De fato, é cabível argumentar que o preço faz jus ao que o produto entrega. Já comentamos outros modelos que, tais qual o i3, possuem conforto, alta performance e conectividade.

Porém, acreditamos que o que faz alguém escolher um carro não é apenas o que as especificações técnicas sugerem, mas sim detalhes como um design interessante, economia de gasolina, recursos exclusivos.

O BMW i3 é um modelo que tem tudo isso. Uma opção sólida no mercado, como seria de se esperar da BMW

Lexus CT 200h

lexus 200h hibrido

Outro híbrido impressionante (site do bichinho aqui), este modelo da Lexus oferece desempenho comparável à da concorrência: tem 134 cavalos de potência, chega a 100km/h em 10 segundos e dispõe de  um sistema maximização da força do veículo através da interdependência dos motores elétrico e de combustão. Muito parecido com o do Toyota Prius, a bem da verdade.

As semelhanças fazem sentido porque a Lexus, afinal, pertence à Toyota. O grande problema, se for necessário apontar um, é que o carro não apresenta muitos novidades em relação aos modelos da concorrência ou da própria Toyota. Afinal, se você quer produzir um híbrido para sua marca de luxo não seria melhor inovar, experimentar, diferenciá-la do resto?

Enfim. O Lexus CT 200h tem ar condicionado dual zone, airbags cuidadosamente instalados, acesso e ignição automáticas, bela iluminação em LED, sistema multimídia. Sua velocidade máxima, utilizando os dois motores, é de 180 km/h. É um bom carro, não é?

Contudo, talvez o mais interessante deste Lexus, como alguns textos apontaram, seja sua exclusividade. Trata-se de uma marca que não tem o alcance da Toyota ou da Ford e seus carros, incomuns, acabam virando artigos de colecionadores e consumidores de alto padrão. Para quem quer um carro mais raro, este modelo é uma escolha segura.

BMW i8

bmw i8 prata

Ok, este híbrido esportivo não é brincadeira.

Para começo de conversa, custa 800 mil reais (olha o site do carro na montadora). Conta com 362cv de potência e chega a 100 km/h em 4 segundos. Uma integração top de linha entre parte elétrica e motor a combustão faz com que o veículo, além de rápido e forte, seja também econômico: consumo de gasolina de cerca de 50 km/l.

Além de poderosíssimo (e caríssimo), este carro tem um design marcante e elegante, com linhas em tons brilhantes e detalhes em LED que conferem ao veículo uma aura futurista. A harmonia das formas externas do carro só pode ser rivalizada com a harmonia dos componentes internos, dinamicamente postados e confeccionados especialmente para trazer maior conforto.

A célula de passageiros, como a maioria dos novos modelos da BMW, é composta por fibra de carbono, tornando-o muito mais leve.

Embora seja um dos híbridos mais caros, o BMW i8 também é facilmente um dos melhores. O custo-benefício talvez não esteja exatamente ao nível de um Toyota Prius ou Fusion Hybrid, mas tampouco pode ser rotulado de injusto.

Mitsubishi Outlander PHEV

mitsubishi Outlander Hibrido

Primeiro SUV híbrido do Brasil, o Outlander PHEV não difere muito dos outros híbridos disponíveis hoje no país. Tem dois motores elétricos e um motor a combustão, oferecendo modos de consumo de energia que vão do totalmente elétrico ao funcionamento simultâneo dos três núcleos.

É um carro bem acima do padrão em suas opções de conforto, mas nada que o destaque da concorrência.

Recentemente, as 59 unidades vendidas passaram por um recall por conta do mau funcionamento dos motores. Segundo a empresa, um desgaste poderia ocorrer quando o carro fosse utilizado no modo exclusivamente elétrico.

Porsche Cayenne S E-Hybrid

A Porsche é outra montadora que não precisa realmente ser apresentada. Seus modelos, novos e clássicos, são ambicionados por fãs e colecionadores de carros no mundo inteiro. Daí a importância de uma empresa desse porte ingressar no mercado de híbridos e elétricos.

O Cayenne S E-Hybrid é o modelo “verde” da série Cayenne da Porsche. A potência de 416 cavalos em modo híbrido é absolutamente arrasadora. O carrão chega a 100 km/h em 5,5 segundos e sua velocidade máxima vai à casa dos 240 quilômetros por hora. O consumo de gasolina é mínimo também: apenas 12 km/l.

O céu é o limite na customização: como de costume na Porsche, o carro solicitado direto na montadora, o que pode ser feito aqui, é entregue de maneira personalíssima. Deste modo, o dono do cobiçado veículo pode definir cores da lataria, das poltronas e até dos cintos de segurança. Também pode escolher o sistema de áudio, as rodas e comprar inúmeros pacotes adicionais.

interior Porsche Cayenne S E-Hybrid

Você tem o dinheiro? Gosta de Porsche? Não sei mais o que poderíamos dizer…

Uma última curiosidade: o híbrido da série Cayenne é mais barato que o convencional.

Carros verdes: futuro popular

Claro que carros como o BMW i8 e o Cayenne (e, convenhamos, quase todos os outros elétricos desta lista) não são acessíveis para o grosso da população brasileira. Ou mundial. No entanto, são registros importantes de uma indústria crescente e que certamente se popularizará em todas as partes do mundo.

A passos tímidos, o mercado de automóveis sustentáveis começa a marcar território. O barateamento da tecnologia está fazendo os preços caírem e algumas das principais indústrias automobilísticas do mundo, como a britânica e a chinesa, já planejam abolir futuramente os carros convencionais.

Quando chegar o inevitável tempo em que carros verdes serão fabricados em território brasileiro, torçamos para que estes modelos incipientes tenham ajudado a tendência a conquistar fatia importante do mercado e do coração dos amantes de carros.

Seja o primeiro a saber das novidades!

Login/Register access is temporary disabled
Compare items
  • Total (0)
Compare
0