carregamento eletroposto

Eletroposto 100% brasileiro será criado pela CPqD e PHB Eletrônica

Novos modelos de eletroposto para carregamento de carros elétricos serão criados pelo CPqD em parceria com a PHB Eletrônica. O projeto, que conta com R$ 5 milhões em investimento, resultará na criação de 3 modelos de estação de carregamento: normal, semirrápida e rápida.

O eletroposto de carregamento rápido será capaz de carregar um veículo elétrico em apenas uma hora e poderá ser instalado em locais públicos, como shoppings centers.

Com tecnologia e produção 100% brasileiras, a previsão para o início da produção dos eletropostos é para o final de 2020. Saiba tudo a seguir sobre o inovador projeto do CPqD em parceria com a PHB Eletrônica.

Com investimento de R$ 5 milhões, CPqD criará linha de eletroposto

Em parceria com a PHB Eletrônica, o CPqD, empresa líder no mercado de inovação em tecnologias da informação e comunicação, irá desenvolver uma linha de eletropostosou estações de carregamento para carros elétricos

eletroposto

O projeto, com duração prevista de 2 anos, contará com tecnologia e produção 100% brasileiras. Para a criação e desenvolvimento do projeto, o CPqD irá contar com um investimento do BNDES de R$ 3,4 milhões, através do BNDES Funtec.

Além disso, a empresa contará com o apoio da EMBRAPII – Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial. No total, a iniciativa do eletroposto receberá um investimento de R$ 5 milhões.

Segundo Raul Beck, responsável técnico da área de Sistemas de Energia do CPqD, uma infraestrutura com eletropostos espalhada pelo Brasil é essencial para que carros elétricos ganhem o devido espaço:

A disponibilidade de uma ampla rede de eletropostos, cobrindo os centros urbanos e rodovias, é um dos requisitos fundamentais para a disseminação no país da tecnologia de veículos elétricos do tipo plug-in.”

A previsão de início da produção dos eletropostos é para o final de 2020. O projeto será feito por completo pelo CPqD e parceira. Elas atuarão desde o conceito até a aplicação da tecnologia e efetiva construção dos produtos. Testes, validações, benchmarks e implementações também estão inclusos no projeto.

Eletropostos do CPqD e PHB Eletrônica carregam carro elétrico em até uma hora

As estações de carregamento do CpqD prometem oferecer serviço de carregamento rápido a carros elétricos. 

Charging

O projeto da empresa consiste na criação de 3 modelos de eletroposto, cada um com características de potência que atende à determinadas necessidades. Todos os eletropostos serão desenvolvidos de acordo com as normas ABNT (associação Brasileira de Normas Técnicas).  

Um dos modelos é um carregador normal, capaz de carregar um carro elétrico em um período de 8 a 16 horas. O CPqD também lançará um eletroposto com carregamento semirrápido, com tempo de carregamento entre 2 a 4 horas.

O outro modelo de eletroposto é o de carregamento rápido, que possibilita o carregamento em até uma hora. O tempo de carregamento pode variar de acordo com cada modelo de carro elétrico.

Enquanto o carregador doméstico é mais indicado para casas, o semirrápido e rápido poderão ser instalados em locais públicos, como postos de gasolinas e estacionamentos de shoppings.

O desenvolvimento de uma família nacional de eletropostos certamente vai contribuir para a implantação dessa rede, além de atender à demanda dos usuários que querem instalar em suas casas o equipamento para a recarga da bateria de seus veículos elétricos”

Estações de carregamento do CPqD contarão com tecnologias de automação

Garantir uma melhor interação entre os eletropostos e os usuários é outro objetivo do projeto. Segundo Daniel Robson Pintos, pesquisador do CPqD, os equipamentos de carregamento contarão com alto nível de automação:

Um dos destaques dessa inovação será o alto nível de automação integrada aos produtos, destinada a facilitar e otimizar a interação entre o usuário e o equipamento”

Os eletropostos – produzidos pela PHB Eletrônica, empresa com mais de 30 anos de experiência na área de eletrônica de potência aplicada a sistemas de energia – poderão contar com tecnologias como Bluetooth, NFC e/ou RFID para a identificação do usuário ao usar o equipamento. 

Garagem adaptada carro elétrico

Além disso, os eletropostos poderão contar com tecnologias para gerenciamento de carga e sistema de cobrança automáticabillingAs empresas que adotarem os eletropostos também contarão com tecnologia para gerenciamento, comunicação com sistemas nacionais de georreferenciamento, controle de consumo de energia e billing.

O CPqD é um dos líderes na área de inovação em sistemas de energia. A empresa é especializada em automação e medição avançada de energia, tecnologias de conversão de energia, metodologia e algoritmos avançados e regulamentação. Também atua na área de billing, Internet das Coisas e veículos elétricos.

Em 2017, a empresa passou a se instalar no Laboratório de Mobilidade Elétrica, parte do programa Emotive, parceria da CPFL Energia com a ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica. Neste local, as empresas podem realizar testes com veículos elétricos e eletropostos. Para saber mais sobre o projeto de criação de eletropostos, clique aqui.