Zoe tem 300 km de autonomia - Carregador de carro elétrico C-MOVE

Carregador de carro elétrico: conheça todos os tipos

Os carros “verdes” estão se tornando cada vez mais populares. Uma parte importante dessa nova tecnologia são os tipos de carregador de carro elétrico.

A cada dia mais surgem informações sobre os veículos e como utilizar o carregador de carro elétrico.

Hoje, já é possível encontrar opções de carregamento que vão além do uso de uma tomada em casa.

Um exemplo são os eletropostos, que permitem carregar carros elétricos em poucas horas.

Além disso, há o carregamento por indução. Este não utiliza qualquer tipo de fio para carregar o carro.

Podemos afirmar que, entre todas as importâncias que envolvem os carros elétricos, um dos pontos primordiais é o método de carregamento.

Portanto, falaremos um pouco mais da fonte de alimentação deles. Acompanhe a leitura!

Como funciona e onde carregar um carro elétrico?

Carregador de carro elétrico - carro carregando

Normalmente, no ato da aquisição dos carros elétricos – bem como dos híbridos plug-in – você já recebe, junto, um carregador de carro elétrico.

Dessa forma, você já tem acesso à principal forma de alimentação do seu carro, que poderá ser carregado diretamente na tomada de casa.

No entanto, é importante que informemos que este cabo, geralmente conectado em uma tomada de três pinos, pode necessitar de uma adaptação do disjuntor.

Porém, a energia da rede elétrica comum é mais do que suficiente para carregar as baterias do seu elétrico, através de uma tomada de 10A.

Sendo assim, podemos considerar que o carregamento pode ser feito de duas formas:

    • Na sua residência;
  • Nas estações públicas de carregamento;

Vamos entender um pouco mais sobre onde carregar um carro elétrico.

Carregamento em casa

O carregamento feito na residência se dá através de uma tomada de três pinos, conectada à uma fonte de energia comum.

Esse é o que chamamos de carregamento Nível 1. Neste nível de carga, carros elétricos levam mais de 15 horas para carregar.

Em uma tomada comum, o Nissan Leaf – já à venda no Brasil – leva 16 horas para ter sua bateria completa.

No entanto, é possível conseguir um tempo de carregamento melhor em casa. Para isso, usa-se um adaptador, plugado em uma tomada 220 V.

Esse é o Nível 2 de carregamento, que traz mais agilidade no momento de alimentar as baterias do carro elétrico.

Carregamento nas estações públicas

carregador público de carro elétrico

Mesmo que o Brasil ainda não seja um grande consumidor dos elétricos, ainda assim já estão sendo feitas adaptações urbanas para eles.

Um exemplo é instalação de estações públicas de carregamento.

É o caso da parceria feita entre a BMW e a EDP, que construiu uma das maiores redes de alimentação elétrica na América Latina, ligando São Paulo e Rio de Janeiro.

Outra grande iniciativa foi feita pela Copel. A empresa construiu eletropostos que cobrem 730 km de extensão no Paraná.

Ainda não existem muitos pontos de carregamento público, mas a tendência é que, junto com o aumento das vendas dos carros elétricos, também aumente a quantidade de estações como a ponte elétrica da BMW.

Tipos de carregador de carro elétrico

Considerando os modos como você pode carregar o seu elétrico, também são disponibilizados carregadores diferentes.

Sendo assim, você tem o modelo ideal para cada situação. Veja quais são eles.

Carregador residencial (EVSE)

O EVSE, Eletrical Vehicle Supply Equipment, é o modelo de carregador de carro elétrico mais adequado para o carregamento residencial.

Através de adaptações simples, você consegue utilizar a corrente comum da rede elétrica e alimentar as baterias do seu veículo.

O adaptador para a tomada residencial já é adquirido juntamente com o carro elétrico, o que possibilita o seu uso imediatamente após a compra.

Segundo Daniel Pimenta Arroyo, em seu TCC, um carro elétrico leva pelo menos 8 horas para ter carga completa com um carregador residencial.

Carregador Semirrápido

Garagem e casa adaptada para carros elétricos 3

O carregador de carro elétrico semirrápido é uma alternativa ao carregamento comum, considerado um carregador residencial nível 2. 

Com o semirrápido, o tempo de carregamento cai para cerca de 3 horas.

Esses carregadores são facilmente adaptáveis para as garagens domésticas, o que facilita o processo de carregamento do veículo elétrico.

O semirrápido é uma alternativa bastante viável, já que o tempo de carregamento é otimizado.

Além disso, é possível acoplá-lo à sistemas de energia renovável, como os painéis solares.

Entre as principais opções, precisamos destacar o i Wallbox, da BMW. Dentre os carregadores semirrápidos, ele apresenta excelentes resultados no carregamento rápido.

Com o i WallBox, é possível carregar o BMW i3 em apenas três horas. Este carro elétrico, inclusive, já está à venda no Brasil!

Carregador rápido (CHAdeMO)

Taxa de ociosidade do Supercharger

Os carregadores rápidos conseguem diminuir o tempo de carregamento dos carros elétricos para apenas alguns minutos.

Com tecnologia avançada, é possível alimentar as baterias em menos de uma hora, o que otimiza a utilização dos veículos elétricos.

É o caso do Supercharger da Tesla, que em 30 minutos recarrega as baterias dos veículos, de modo que ele consiga chegar, no mínimo, até outro posto de carregamento. No entanto, é possível completar totalmente a carga nessas estações.

Consideramos que a tecnologia desenvolvida pela Tesla é impressionante, ainda mais quando comparamos com o tempo comum de carregamento, de cerca de oito horas.

Para saber o tempo de carregamento dos carros da Tesla em um Supercharger, acesse este post.

Carregador sem fio

Carregador de carro elétrico sem fio

O WEVC é mais uma inovação no mundo dos carros elétricos. Já imaginou conseguir carregar o seu veículo sem a necessidade de uma tomada? Pois esse é um sonho real.

A carga, nestes casos, é feita a partir de indução magnética, sem uso de qualquer fio. 

Para carregar o carro, basta que o motorista o pare embaixo de um carregador por indução. Após o recebimento da energia, ela é  transferida para um receptor que alimenta as baterias.

O WEVC não deve demorar para se popularizar, considerando que esse é um método de carregamento muito simples e dinâmico.

Além disso, o carregamento wireless pode tornar os carros elétricos mais atraentes aos consumidores, que consideram a alimentação das baterias uma das principais desvantagens em utilizar um modelo assim.

E então? O que achou sobre os modelos de carregador de carro elétrico? Deixe sua opinião!