Carro Bateria

Converter carro a gasolina para elétrico: Como fazer?

Os carros elétricos estão cada vez mais populares entre os motoristas, porém, esse tipo de veículo ainda não é acessível a todos por conta do elevado preço de venda.

Para que todos possam ter essa tecnologia, conversores foram criados com o intuito de transformar um carro movido a gasolina em um veículo elétrico.

Se você quer mudar a fonte de propulsão do seu carro, ou apenas está curioso para entender como esse conversor funciona, continue lendo.

Os benefícios de um carro movido a eletricidade

Um veículo que utiliza energia elétrica como fonte de propulsão oferece uma série de vantagens que fazem dele a melhor opção de transporte atualmente. Confira a seguir alguns desses benefícios.

Economia

Um carro elétrico consegue rodar muito mais com menos energia. Ao compararmos um veículo elétrico com um movido a gasolina, é preciso levar em consideração que o primeiro utiliza energia elétrica, enquanto o segundo, combustível fóssil.

Um ótimo exemplo de economia e eficiência energética é a segunda geração do Tesla Roadster, que será lançado em 2020 e terá uma autonomia de até 1000 Km.

Tesla Roadster 8

Dessa forma, um elétrico como o Roadster pode ser mais econômico e rodar mais que um carro comum, com a mesma quantidade de energia.

Ecologia

Os carros movidos a eletricidade não emitem gases poluentes, como o gás Carbônico (CO2), que potencializam o efeito estufa.

Por não serem alimentados por combustíveis fósseis, os elétricos são ecologicamente corretos. Esse é um dos maiores benefícios de utilizar uma tecnologia elétrica, afinal, os carros sãos principais emissores de poluição na atmosfera.

Assim, se a maioria da população comprasse carros elétricos, ou utilizasse um conversor em seus carros, grande parte dos problemas ambientais seriam amenizados.

Agora que falamos um pouco sobre os benefícios de se ter um carro movido a eletricidade, vamos ao que interessa, o conversor que transforma um carro movido a gasolina em um elétrico.

Como funciona a conversão?

Se você possui um carro movido a combustíveis fósseis e quer transformá-lo em um elétrico, é preciso realizar a chamada conversão.

A seguir, você conhecerá como funciona e o passo a passo para poder realiza-la.

Antes de começar a conversão

Alguns pontos devem ser levados em consideração antes mesmo da conversão começar. São eles:

Escolher a voltagem a ser usada no carro

Antes de começar o processo, é preciso que seja escolhida a voltagem no qual o sistema elétrico funcionará. A pessoa que está fazendo a conversão pode escolher entre 96 a 192 Volts.

Para a primeira etapa, além de escolher a voltagem, é preciso que seja adquirido um controlador de corrente contínua (CC, ou DC em inglês), e um motor CC.

Escolher a bateria

De acordo com a voltagem escolhida, é possível saber quantas baterias serão necessárias para gerar energia suficiente, e qual será o tipo de controlador e de motor ideal para o veículo.

No caso das baterias, algumas opções podem ser consideradas:

  • Bateria chumbo-ácido selada
  • Bateria de alta performance
  • Bateria para carro de golfe
  • Bateria de lítio

Obviamente, cada tipo de bateria listada acima terá suas vantagens e desvantagens quando utilizadas no carro.

Para que o veículo possa funcionar, é preciso que ele tenha duas baterias, a principal, que fornecerá a energia para o carro se movimentar, e a auxiliar, responsável pela partida e funcionamento dos acessórios do veículo.

Após a escolha da voltagem, do controlador, do motor e da bateria, está na hora de realizar o procedimento.

Por ser muito técnico e complexo, faremos um resumo básico de como funciona uma conversão.

Por conta dessa complexidade, há kits de conversão prontos para uso disponíveis no mercado. Esses kits já vêm prontos para que o processo tradicional seja dispensado. Mas falaremos deles no próximo tópico; por enquanto, vamos à conversão.

Processo de conversão

Basicamente, esse procedimento começa com a retirada de alguns componentes de fábrica do carro, como motor, embreagem, radiador e tanque.

Após a remoção dos itens citados acima, basta instalar o motor elétrico, o controlador, as baterias, e liga-los com um cabo específico para a voltagem escolhida.

O controlador é o componente que, como o nome já diz, controla a passagem de corrente elétrica para o motor, evitando picos de corrente que podem prejudicar o funcionamento do carro.

Outro item importante é o conversor CC, que fará com que a corrente da bateria auxiliar seja modulada e forneça energia para a partida e funcionamento dos acessórios do carro.

Além disso, é necessário que seja instalado um contator, que é o responsável por ligar a bateria ao controlador.

Após a instalação de todos esses itens, basta ligar o sistema de ignição nos novos componentes, e o veículo funcionará através da alimentação por energia elétrica.

Electro: a empresa que realiza conversões de carros a combustão para elétrico

Como dissemos anteriormente, o procedimento explicado acima é muito técnico e é recomendável que seja feito somente por especialistas na área.

Pensando nessa dificuldade, a Electro comercializa um sistema de conversão que transforma os carros movidos a gasolina em elétricos.

Os kits da Electro são vendidos por R$ 23 mil. O valor inclui o Kit e a assistência para montagem.

No site da empresa, uma tabela mostra que transformar o seu carro em um elétrico fará com que o custo por Km rodado seja mais barato.

Segundo a Electro, um carro convencional gasta cerca de R$ 0,44 por Km, contra R$ 0,10 de um veículo convertido para elétrico.

A empresa atua desde 2010 e tem capacidade para converter até 2 carros por mês.

Kits de conversão no Mercado Livre

Vendedores comercializavam supostos kits de conversão para que carros movidos a gasolina se transformassem em veículos elétricos.

Atualmente, não é possível encontrar mais esses produtos à venda, provavelmente porque não tinham nenhum tipo de certificação.

Também não é possível comprovar que esses kits funcionam de verdade. De qualquer jeito, os anúncios já foram retirados do Mercado Livre.

EcoFusca: uma invenção brasileira

Eco Fusca

Quando dizem que o povo brasileiro é o mais criativo, não estão de brincadeira. Isso porque um mecânico de Manaus decidiu transformar seu Fusca em um carro elétrico.

O mecânico realizou o mesmo procedimento que explicamos acima, e fez com que o veículo rodasse apenas com o uso de energia elétrica.

O EcoFusca tem 100 cavalos de potência com velocidade máxima de 168 Km/h. A autonomia do veículo é de até 200 Km.

A intenção do mecânico é produzir um kit de conversão que realmente funcione, apesar do alto custo de produção que este poderá ter.

O valor da transformação do carro não foi revelado, mas o mecânico garante que foi muito caro.

Curso de conversão de veículos é oferecido na internet

Se você é aventureiro e quer aprender a converter um carro a gasolina em um elétrico sozinho, é possível aprender os procedimentos através de um curso online.

Todos os procedimentos são explicados no curso, fazendo com que qualquer um possa realizar a conversão.

As etapas são mostradas através da conversão de uma moto, portanto, o curso é voltado para quem quer aprender a fazer o processo com as próprias mãos.

O sucesso da tecnologia utilizada nos carros elétricos se tornou tão grande que pessoas que possuem carros convencionais também querem usufruir desse sistema.

Seria bom que essa tendência se espalhasse cada vez mais, afinal, o sistema de propulsão elétrico só traz benefícios ao motorista, ao meio ambiente e à toda a população.