BYD e6 1

BYD e6: carro 100% elétrico é usado como táxi no Brasil

O BYD e6 é considerado o “primeiro táxi 100% elétrico do mundo com eficiência energética comprovada”. O veículo, produzido pela montadora chinesa BYD, é comercializado principalmente para taxistas e frotistas ao redor do mundo.

China, Costa Rica, Estados Unidos e Uruguai são alguns dos 55 países em que o BYD e6 está presente. O Brasil, é claro, não poderia ficar de fora. A BYD, mesmo que de forma conservadora, já está oferecendo o BYD e6 para taxistas e serviços de aluguel no país.

Campinas foi a primeira cidade brasileira a usar o BYD e6 como táxi. Em seguida, Curitiba, Fortaleza e São Paulo também aderiram ao uso do carro elétrico da BYD.

São José dos Campos também recebeu uma unidade do BYD e6, juntamente com outras 29 do e5 – sedã da montadora – para integrar a frota da Guarda Municipal.

A popularidade crescente do BYD e6 não é segredo. O veículo conta com um design moderno, e é muito espaçoso por dentro. Além disso, o BYD e6 chega a 140 Km/h de velocidade máxima. Com uma bateria de fosfato de ferro lítio, o veículo oferece incríveis 400 Km de autonomia.

O tempo de carregamento do carro é de cerca de 2 horas com o uso de um adaptador.

Outro ponto positivo do BYD e6 é sua economia. Com apenas R$ 30 é possível rodar 400 km!

Esse número representa cerca de 80% de economia em relação ao um carro comum, a combustão. Por enquanto, o foco da BYD é vender o e6 diretamente para taxistas e frotistas.

O BYD e6 em números: conheça as principais especificações técnicas

Em 2010, foram realizados os primeiros testes com o BYD e6. No total, 40 unidades do veículo foram testadas, operando como táxis. Um ano depois, o veículo começou a ser vendido na China.

O BYD e6 foi apresentado no Brasil em 2014, com foco em vendas para frotistas e taxistas.

Design: moderno e espaçoso 

BYD e6 2

O BYD e6, por seu porte, é considerado uma Minivan. Seu exterior, com faróis de parábola dupla e LED, é mais sóbrio, porém moderno.    

Por ser elétrico, o veículo não conta com grades dianteiras. Essas são substituídas por uma espécie de réplica de grade, prateada, dando um ar futurístico para o carro.

Um dos pontos altos do BYD e6 são suas dimensões. O veículo tem 4,6 metros de comprimento, 1,8 de altura e 1,6 de altura. A distância entre eixos é de 2,3 metros.

Essas dimensões possibilitam um espaço interno muito bom, acomodando 5 pessoas. O porta-malas também não deixa a desejar, com 450 litros de capacidade.

Além do ótimo espaço interno, o BYD e6 oferece muito conforto, com bancos de couro, além de acessórios muito úteis, como ar condicionado automático, entrada USB, entre outros. Freio de estacionamento eletrônico, botão de partida e controle de estabilidade e tração são outras funções que o BYD e6 oferece

O BYD e6 ainda conta com painel digital, que mostra as informações de direção, inclusive o nível de carga do veículo.

Potência: BYD e6 chega a 140 Km/h

O e6 conta com um motor elétrico síncrono de imã permanente, modelo BYD-TYC90B. Com potência de 90 kW – ou 102 cavalos – e 150 N.m de torque, o veículo pode chegar a 140 Km/h.

O motorista ainda pode escolher entre dois modos de direção: Eco ou Sport. O primeiro prioriza a economia de energia, enquanto o segundo, uma maior potência.

Autonomia: BYD e6 gasta R$ 0,04 por Km rodado  

BYd e6

Com uma bateria de fosfato de ferro lítio de 80 kWh, o BYD e6 pode rodar 400 Km até precisar de uma recarga.

Com o uso do ar condicionado e outras funcionalidades, a autonomia fica mais modesta: cerca de 300 Km.

Em uma tomada comum, o BYD e6 leva cerca de 4 a cinco horas para carregar. Mas com um adaptador especial que permite um carregamento rápido, esse tempo cai para 2 horas. Para a instalação do adaptador, é preciso ter uma tomada trifásica.

A bateria do BYD, com vida útil de até 40 anos, fica localizada no assoalho do carro, permitindo um maior espaço interno. Mas um dos aspectos mais impressionantes do veículo é sua economia.

Segundo a montadora, o BYD e6 gera um custo de apenas R$ 0,04 por Km rodado! Se comparado com carros a combustão, o veículo é cerca de 85 % mais econômico.

BYD e6 é vendido diretamente para frotistas e empresas 

BYD e6 4

Por enquanto, o BYD e6 não é vendido diretamente para o consumidor final. O objetivo da empresa é vender o veículo para frotistas e empresas.

A montadora vende o BYD e6 para os frotistas/taxistas por um valor simbólico de R$ 1, seguido por uma espécie de leasing ou aluguel de R$ 2 mil por mês.

O valor foi estabelecido através de uma estimativa do valor de combustível e manutenção que o motorista economiza por mês usando o e6.

O preço final do BYD e6 não foi divulgado pela montadora, mas estima-se que seja de cerca de R$ 270 mil.

Tanto o BYD e6 como os outros modelos de carros elétricos da montadora são importados da China.

BYD e6 já é usado como táxi no Brasil 

Algumas cidades brasileiras já estão usando o BYD e6 como táxi, ou como parte de alguma frota.

Campinas

Campinas foi a primeira cidade a usar o BYD e6 como táxi. A cidade adquiriu duas unidades do veículo e tornou-se a pioneira em táxis elétricos.

Além disso, a BYD construiu uma fábrica na cidade. Por enquanto, somente ônibus elétricos e painéis fotovoltaicos são produzidos na planta de Campinas.

Com a implantação da Rota 2030, que prevê a redução de impostos para veículos elétricos, pode ser que a produção nacional se torne mais viável.

Belo Horizonte

Após a realização de testes em 2017, o BYD e6 foi homologado pela BHTrans para ser usado como táxi em Belo Horizonte.

O veículo também foi testado pelos próprios taxistas. A intenção é que eles tenham a experiência de dirigir o veículo e avaliem se vale a pena comprar um BYD e6.

A BYD oferece condições especiais para os taxistas que queiram adquirir o veículo. O objetivo da iniciativa é a diminuição dos poluentes na cidade. 

Curitiba e Fortaleza 

BYD e6 3

Em Curitiba, é possível alugar um BYD e6 por até três dias através da empresa de aluguel Fleety Garage.

Os veículos poderão ser utilizados apenas em trechos urbanos, devido à falta de postos de recarga nas estradas. O valor do aluguel é cobrado por hora – R$ 15,00 – ou por dia – R$ 120,00.

Em Fortaleza o BYD e6 também está disponível através do app Vamo Fortaleza Mobilidade. O app oferece 6 unidades do E6 .

O valor do aluguel em Fortaleza é de R$ 20 para os primeiros 30 minutos. Após esse período, é cobrado R$ 0,80 por minuto.

São José dos Campos recebe frota 100% elétrica da BYD

São José dos Campos recebeu uma frota de 30 carros elétricos da BYD. Entre eles, um é a minivan e6.

Os veículos serão usados pela Guarda Municipal. A parceria entre a cidade e a BYD foi efetivada após testes entre outubro de 2017 e março de 2018.

São José dos campos é a única cidade do ocidente a ter uma frota com carros 100% elétricos.

Segundo o prefeito Felicio Hamuth:

A grande mudança com essa frota elétrica é em relação à visibilidade da Guarda. Esses veículos vão ajudar aparecendo para a população e sendo competentes. Tivemos a BYD como parceira desde o início

A locação dos veículos tem validade de 36 meses. A cidade pagará um valor mensal de 3,6 mil para cada veículo.

São Paulo também ganha BYD e6 para frota da Guarda

Além de São José dos Campos, a cidade de São Paulo recebeu uma unidade do e6 e outra do e5.

Os veículos serão usados pela Guarda Civil Metropolitana para patrulhamento no Parque Ibirapuera e na Praça da Sé.

Além disso, a BYD cedeu dois carregadores, localizados no parque e na praça Roosevelt.

Aos poucos, a BYD está se fazendo cada vez mais presente no Brasil. O uso de táxis elétricos beneficiam os próprios taxistas, além de ajudar na preservação do meio ambiente.