Moto elétrica: confira os principais modelos

Atualmente, muito se tem falado nos carros elétricos, que são uma opção ecologicamente correta e econômica de transporte. Mas além dos carros, há também modelos de moto elétrica.

Muitas pessoas preferem motos à carros pelo fato de serem mais baratas, econômicas e práticas. Dessa forma, as motocicletas elétricas aparecem como uma opção ainda melhor, pois além de todas facilidades citadas acima, elas não emitem nenhum tipo de gás tóxico na atmosfera.

Neste texto, você entenderá como funciona uma moto elétrica e poderá conhecer alguns dos modelos já disponíveis para compra.

Como funciona uma moto elétrica?   

moto elétrica

 

Se você já conhece mais ou menos como um carro elétrico funciona, provavelmente entenderá o funcionamento de uma moto elétrica (Se ainda não sabe sobre carros elétricos, leia esse post, que também é muito interessante).

Bem, basicamente, uma moto elétrica funciona através de um motor elétrico, que é alimentado pela energia armazenada em baterias.

Essas baterias normalmente são de chumbo-ácido ou de lítio. Hoje em dia, a maioria das motos elétricas utilizam baterias de lítio. Isso porque elas têm maior capacidade de armazenamento, além de serem mais leves.

Para carregar as baterias, basta conectar a entrada de energia da moto em uma tomada comum, 110 ou 220V. O tempo de carregamento vai variar de acordo com o modelo de moto e o tipo de bateria utilizado.

Diferente das motos convencionais, as elétricas dispensam a embreagem. Assim, o torque é imediato a partir do momento em que se acelera o veículo.

Além de tudo isso, por não utilizar combustíveis fósseis, as motos elétricas não liberam nenhum tipo de poluente na atmosfera.

Agora que você já entende como as motos elétricas funcionam, que tal conhecer alguns dos melhores modelos?

As 6 melhores motos elétricas

Com a popularização dos veículos movidos a eletricidade, as motos elétricas também ganharam destaque, e assim, diversas montadoras passaram a investir em modelos com esse sistema de propulsão.

Há vários modelos de motos elétricas no mercado atualmente, porém, nos concentraremos nos 6 melhores. Confira a seguir.

Lightning LS-218 

Considerada a motocicleta de produção em massa mais rápida do mundo, a Lightning LS-218 é perfeita para os amantes de emoção.

Com um motor elétrico de 149 kW – ou 200 cavalos – de potência, a Lightning chega a uma velocidade máxima de 350 Km/h.

Com toda essa potência, a moto elétrica tem uma aceleração de 0 a 96 Km/h em apenas 2 segundos.

Para aguentar toda essa velocidade, a moto conta com uma bateria que proporciona uma autonomia de 160 Km.

A Lightning custa U$ 39 mil, cerca de R$ 128 mil, e pode ser reservada através do site oficial da montadora.

Victory Empulse TT

Essa moto elétrica, além de ser potente, impressiona por sua autonomia e tempo de carregamento.

Com 40 cavalos de potência em seu motor elétrico, a Victory Empulse TT chega facilmente a uma velocidade máxima de 160 Km/h.

Mas o que mais se destaca é sua autonomia de 225 Km e seu tempo de carregamento: menos de 4 horas.

Para ter essa moto da Victory, é preciso desembolsar U$ 20 mil, aproximadamente R$ 66 mil em conversão direta. Por enquanto, a montadora não está comercializando o modelo no Brasil.

Zero SR

Esse modelo de moto elétrica é perfeita para o uso no dia a dia, especialmente nas grandes cidades. Isso porque ela não é a moto mais rápida, porém, possui especificações mais que suficientes para quem quer uma moto para uso diário.

A Zero SR possui um motor elétrico de 52 kW, ou 70 cavalos de potência, que a permite ir de 0 a 96 Km/h em apenas 3.3 segundos.

Com essa potência, a Zero SR chega a uma velocidade de 164 Km/h. Nada mal para um moto elétrica.

Além disso, possui uma autonomia de 196 Km, com bateria que pode ser carregada em 3 horas.

Para adquirir uma Zero SR, é preciso pagar U$ 16 mil, cerca de R$ 53 mil.

Esse modelo é vendido pela montadora Zero Motorcycles, que produz outras versões de moto elétrica – falaremos mais sobre essa montadora.

APWorks Light Rider

Convenhamos que não adianta muito uma moto elétrica ter potência e autonomia boas se a sua estrutura não é resistente e não aguenta o tranco do dia a dia.

Pensando nisso, a montadora Light Rider criou a APWorks, uma moto elétrica que pesa apenas 35 Kg!

A motocicleta é leve, pois é feita de um material exclusivo, liga de alumínio resistente à corrosão. Esse material, além de ser leve, é muito resistente, chegando quase à mesma eficiência do titânio.

Com um design um pouco fora do convencional, a moto – que quase parece uma bicicleta – é feita em uma impressora 3D.

Seu motor elétrico tem potência de 6 kW, que permite à APWorks chegar a uma velocidade máxima de 80 Km/h. Sua autonomia é um pouco abaixo dos outros modelos já mostrados, chegando a 60 Km.

O preço da APWorks é um pouco salgado devido tecnologia aplicada no chassi da moto: U$ 50 mil. Convertendo em reais, a moto sairia por 165 mil.

Brutus V9

Como o próprio nome já sugere, esse modelo é um pouco mais “bruto” que os anteriores; isso tanto no design quanto nas especificações técnicas.

A Brutus V9 conta com um design vintage, inspirado nas grandes motocicletas como as Harley Davidson mais antigas.

Mas de vintage fica só o visual mesmo, pois a moto conta com um sistema de propulsão elétrica muito eficiente.

O Motor da Brutus V9 tem 145 cavalos – ou 93 kW – de potência, fazendo com que ela chegue a 185 Km/h.

A autonomia também impressiona: a Brutus V9 roda 450 Km até que precise ser recarregada.

Para ter essa moto estilosa e muito potente, o comprador precisa desembolsar U$ 32,5 mil, cerca de R$ 107 mil. Por enquanto, a moto está sendo comercializada apenas nos Estados Unidos.

Motorman

E finalmente chegamos em um dos modelos de moto elétrica mais peculiares. A Motorman mais parece uma bicicleta, pois sua estrutura é bem simples e suas especificações um tanto quanto modestas.

A Scooter conta com um motor elétrico de apenas 3 cavalos de potência, permitindo uma velocidade máxima de 45 Km/h. Sua autonomia também não é muito grande: 65 Km.

Apesar disso, a Motorman é muito leve, pesando apenas 45 Kg.

Pode parecer que esse modelo não é nada perto do outros, mas pelo contrário, a Motorman é perfeita para uso na cidade, onde normalmente não se passa de uma velocidade de 35 Km/h.

Outro ponto positivo do modelo é o preço: a Motorman custa apenas U$ 5 mil, cerca de R$ 16,5 mil em conversão direta. Por enquanto, a scooter elétrica não está disponível no Brasil.

Outra montadora que também está apostando na produção de motos elétricas é a BMW. Para saber mais sobre o conceito/modelo elétrico da gigante do automobilismo, confira esse post de nosso blog.

Zero Motorcycles: a startup especializada na produção de motos elétricas

Lembra que falamos sobre a Zero SR no tópico anterior? Ela é produzida pela Zero Motorcycles, uma startup que produz vários modelos de motos elétricas.

A startup foi criada há 10 anos atrás e cada vez ganha mais destaque na mídia e mais compradores devido a sua produção de modelos de motos elétricas potentes e econômicas.

Além da Zero SR, a empresa comercializa mais 5 modelos de moto elétrica. Veja abaixo um pouco sobre cada uma.

Zero S

Versão um pouco menos turbinada do que a Zero SR, o modelo conta com um motor elétrico de 34 cavalos, com velocidade máxima de 146 Km/h. A autonomia da Zero S chega a 143 Km.

Para ter uma Zero S na garagem, é preciso desembolsar cerca de U$ 11 mil, aproximadamente R$ 36 mil.

Zero DS 

Em comparação à versão SR, a Zero DS tem um design um pouco mais agressivo, com pneus mais propícios a terrenos acidentados.

No quesito potência e autonomia, também não deixa a desejar: a moto conta com um motor elétrico de 34 cavalos, conseguindo correr até 146 Km/h. Sua autonomia é de 85 Km.

O valor da Zero DS é de U$ 11 mil, ou R$ 36,3 mil em conversão direta.

Zero DSR

Esse modelo é praticamente uma versão mais potente da Zero DS, com o mesmo chassi. As melhorias estão na potência, que sobe para 70 cavalos, e na autonomia, que chega em 262 Km. A velocidade máxima também sobe, chegando em 164 Km/h.

O preço, obviamente, também sobe para U$ 16,495 (R$ 54,4 mil).

Zero FX

Perfeita para uso em estradas off-road, a Zero FX também conta com bons números. Com um motor elétrico de 27 cavalos, a moto elétrica chega a uma velocidade máxima de 137 Km/h.

Já no quesito autonomia, a Zero FX não impressiona tanto assim. A moto roda 74 Km até que uma recarga seja necessária. O valor da Zero FX é de U$ 8,5 mil, ou R$ 28 mil.

Zero FXS

Perfeita principalmente para rodar nas grandes cidades, a Zero FXS conta com um motor elétrico de 27 cavalos, chegando a uma velocidade máxima de 137 Km/h. A autonomia da moto não é uma das melhores: 80 Km, mas é o ideal para andar na cidade.

Pela Zero FXS, é preciso tirar do bolso U$  8,5 mil, ou R$ 28 mil.

Como se pode perceber, a Zero Motorcycles tem um modelo de moto elétrica para cada gosto e necessidade. Porém, o único problema é que alguns modelos têm uma autonomia baixa.

Modelos 2018 com mais autonomia e carregamento em 2 horas

A Zero Motorcycles percebeu que suas motos tinham autonomia relativamente baixa, e por isso, os modelos 2018 virão com um acessório que dará maior “tempo de estrada” as motos.

Com a utilização do acessório, o Power Tank, as motos elétricas da Zero poderão ter uma autonomia de até 321 Km.

Além disso, o novo acessório ajudará em um carregamento mais rápido das baterias. De acordo com a montadora, será possível carregar quase por completo a bateria dos modelos S e DS em apenas uma hora em uma tomada 110 v, enquanto os modelos SR e DSR serão carregados em 2 horas.

Energica Ego foi escolhida a moto elétrica oficial do Mundial de Motovelocidade

Para que a competição se tornasse mais justa e acirrada, os responsáveis pela organização da Copa de motos elétricas anunciaram que a Energica Ego será a moto oficial a ser utilizada por todos os competidores.

A competição que ocorre em 2019 e é composta por 20 competidores, que farão um circuito de 10 voltas utilizando a moto elétrica da Energica.

A grande vantagem do uso de motos elétricas em vez das movidas a combustível fóssil é que elas não precisam de embreagem. Dessa forma, seu torque é imediato, dando uma potência muito maior.

Com um motor elétrico de 145 cavalos de potência, a Energica Ego chega a uma velocidade de 240 Km/h. Já a autonomia da moto elétrica é de 150 Km, o suficiente para que o circuito seja completado.

Além disso, a moto acelera de 0 a 100 Km/h em apenas 2,8 segundos. Perfeito para uma competição eletrizante como essa.

Para saber mais sobre essa incrível moto elétrica, acesse o site da montadora.

Honda apresenta moto elétrica que se equilibra sozinha

É isso mesmo que você leu. A Honda inovou e lançará uma moto elétrica que, em baixa velocidade, se equilibrará sozinha, sendo perfeita para aqueles que ainda não se acostumaram com a direção de uma moto.

Com a implementação dessa tecnologia, juntamente com algumas mudanças como o rebaixamento do banco e do centro de gravidade da moto, será muito mais fácil dirigir o automóvel. A tecnologia é baseada no ASIMO, um robô criado pela própria Honda.

A novidade foi apresentada no Salão de Tóquio e ainda não está a venda. Mais informações sobre a moto elétrica, como suas especificações técnicas, ainda não foram divulgadas pela Honda.

Porto seguro utiliza frota de motos elétricas

Além de usar carros movidos a eletricidade, a Porto Seguro também adotou as motos elétricas.

A utilização se deve ao fato de que elas são mais econômicas que as motos convencionais. Além disso, não emitem poluentes que intensificam o efeito estufa.

As motos elétricas começaram a ser usadas pela Porto Seguro em 2017 para atendimento de carros em casos de carga e venda de bateria ou troca de pneus.

Com isso, a empresa gera cada vez mais um marketing positivo, além de, claro, ajudar ao meio ambiente.

Apesar de ainda não terem tanto destaque na mídia quanto os carros movidos a eletricidade, as motos elétricas estão ganhando maior espaço a cada dia.

Com a adoção cada vez maior de meios de transporte mais econômicos e ecologicamente corretos, será possível solucionar diversos problemas de mobilidade.

Espera-se que os modelos de moto elétrica que vimos neste texto possam chegar em breve no Brasil com um preço acessível.

Seja o primeiro a saber das novidades!

Login/Register access is temporary disabled
Compare items
  • Total (0)
Compare
0