eBus

eBus: primeiro ônibus elétrico totalmente alimentado por energia solar desenvolvido no Brasil

Pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina desenvolveram o eBus, o primeiro ônibus elétrico alimentado por energia solar totalmente desenvolvido no Brasil!

O veículo, que acomoda até 38 passageiros, faz o trajeto entre o campus da UFSC e o Laboratório Fotovoltaica-UFSC até 5 vezes ao dia. 

O objetivo da criação e acompanhamento da atividade do eBus é avaliar a viabilidade do projeto e trazê-lo para as ruas de todo o país. 

O projeto teve apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação e parcerias com a iniciativa privada. 

Após o término da parceria, o grupo de pesquisadores abriu um financiamento coletivo. O intuito é fazer com que o projeto do ônibus elétrico solar continue. A meta é arrecadar R$ 135 mil para cobrir despesas de mão de obra, manutenção e taxas. 

Confira, a seguir, tudo sobre o eBus e saiba como contribuir para a continuidade desse incrível projeto!

Grupo de pesquisadores de Santa Catarina cria primeiro ônibus elétrico totalmente desenvolvido no Brasil

Primeiro ônibus elétrico alimentado por energia solar desenvolvido no Brasil

O Brasil também está se atentando para os veículos elétricos! Pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina criaram o eBus, o primeiro ônibus elétrico movido a energia solar totalmente desenvolvido no Brasil. 

O projeto começou em 2016 e opera em uma rota entre o Campus da Universidade Federal de Santa Catarina e o Laboratório Fotovoltaica-UFSC – com duração média de 30 minutos – 5 vezes por dia desde março de 2017. 

Rodando 52 km por itinerário, o eBus já percorreu mais de 100 mil km, o equivalente a duas voltas ao mundo, e já transportou mais de 15 mil passageiros. 

Toda a energia utilizada para funcionamento do ônibus é captada no Laboratório Fotovoltaica-UFSC (Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar) por painéis solares. 

eBus laboratório
Laboratório Fotovoltaica – UFSC

O veículo é capaz de transportar 38 pessoas sentadas, com um assento especial para cadeirantes e duas mesas de reunião, além de Wifi, tomadas 220 V e USB e ar condicionado. 

Movido por um motor elétrico, o eBus é capaz de chegar a 80 kmh de velocidade máxima. O veículo ainda conta com baterias de tração com 4 bancos em paralelo de 600 V e capacidade de 128 kWh. 

Após uma viagem de ida e volta até a UFSC, o eBus é carregado em apenas 1,5 horas. A autonomia máxima é de 72 km. 

Pesquisas com eBus podem possibilitar ônibus elétricos por todo o Brasil

Além de ser o meio de transporte entre o Campus e o Fotovoltaica UFSC, o eBus opera a rota para fins de pesquisa. 

A intenção do grupo de pesquisadores que desenvolveram o veículo é analisar dados de desempenho e viabilidade do projeto. Além disso, estuda-se o custo de replicação e escalabilidade do ônibus para uso nas grandes cidades ao redor do Brasil. 

Criadores do eBus abrem financiamento coletivo para que ônibus continue funcionando

eBus traseira

Inicialmente, o projeto do eBus foi financiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação. Além disso, as empresas privadas WEG, Marcopolo, Eletra e Mercedes também colaboraram. 

Porém, o período de financiamento acabou em junho de 2019 e os pesquisadores precisam de mais dois anos para que os dados sobre o eBus sejam consistentes. 

Para que o eBus continue funcionando, os desenvolvedores do ônibus elétrico solar criaram uma campanha de financiamento coletivo que vai até o dia 13 de outubro de 2019. 

O valor arrecadado no financiamento será usado principalmente para pagar os motoristas do ônibus.

Além disso, cobrirá despesas de operação, manutenção, taxas administrativas da UFSC, despesas com equipamento, entre outras. A meta é atingir R$ 135 mil para que o eBus continue operando pelo tempo necessário. 

Ajuda no financiamento coletivo do eBus gera recompensas

eBus UFSC

Além de apoiar uma pesquisa de grande importância para o futuro da mobilidade do Brasil, os colaboradores receberão recompensas de acordo com o valor. 

Para cada doação a partir de R$ 10, é possível prevenir a emissão de mais de 1,5 kg de CO2. Para se ter uma ideia, o uso do eBus deixou de emitir cerca de 47 toneladas de CO2 na atmosfera em 2018. 

Ajudando com R$ 40, o colaborador ganha uma caneca de fibra de coco personalizada. Com a doação de mais de R$ 100, o doador terá a oportunidade de fazer uma visita ao Laboratório Fotovoltaica-UFSC.

Já a ajuda a partir de R$ 150 permite a participação em Webinar sobre temas relacionados ao eBus. 

Atingido o objetivo no financiamento coletivo, o ônibus poderá continuar a operar diariamente a rota entre o campus e o Fotovoltaica, além de possibilitar a continuidade das pesquisas. 

Para saber mais detalhes e ajudar no financiamento coletivo do eBus, acesse este link ou entre em contato com os desenvolvedores do projeto: 

Site: www.fotovoltaica.ufsc.br

E-mail: [email protected]ail.com

Telefone: +55 (48) 3721-4598

Endereço: Avenida Luiz Boiteux Piaza, 1302, Sapiens Parque, Lotes 114-115 – Florianópolis – SC 

Instagram: @fotovoltaicaufsc

Facebook: www.facebook.com/fvufsc 

Saiba mais sobre ônibus elétricos em nosso blog!