Starlink, projeto da SpaceX para internet em todo o mundo

Elon Musk planeja levar internet de alta velocidade e baixa latência a todas as pessoas do planeta. Com os olhos no espaço, o fundador e CEO da SpaceX pretende criar uma rede de 12 mil satélites integrados orbitando a Terra.

A constelação de satélites oferecerá internet de alta qualidade mesmo em locais distantes e rurais, trazendo conectividade a aproximadamente 4 bilhões de pessoas atualmente offline.

A iniciativa da SpaceX pretende superar as dificuldades de se levar internet por terra a vários lugares no globo, além de oferecer uma internet via satélite sem a fragilidade da existente hoje.

O que é o projeto Starlink da SpaceX

Fábrica SpaceX

A SpaceX, empresa do bilionário inventor Elon Musk, desenvolve um ambicioso plano para levar acesso rápido de Internet via satélite a todos os cantos do planeta.

O projeto, ainda sem nome oficial mas conhecido como Starlink, já está em andamento e recebeu autorização da FCC, a agência reguladora de comunicações norte-americana.

O Starlink consiste em criar uma constelação de 12 mil satélites orbitando a Terra, interligados e transmitindo internet banda larga e de baixa latência para receptores terrestres.

Existem regiões no globo de difícil acesso, inóspitas ou rurais, onde levar cabeamento terrestre de internet torna-se uma tarefa extremamente difícil.

Além disso, a internet via satélite a que temos acesso atualmente é precária e apresenta uma série de deficiências. Os novos satélites de Elon Musk prometem cobertura global, com velocidade de banda estimada em 1Gb/s.

Para conseguir tal façanha, os satélites da SpaceX irão operar em órbitas mais baixas, garantindo uma latência de rede bem menor.

Nos EUA, a população offline chega a 34 milhões de pessoas, especialmente em áreas rurais e de difícil acesso. No mundo, estima-se que o número de pessoas desconectadas chegue a 4,2 bilhões de pessoas.

Especula-se que a SpaceX esteja interessada na receita bilionária gerada pelo fornecimento do serviço de internet para financiar futuras missões à Marte.

Projeto prevê 12 mil satélites

A SpaceX pretende lançar 12 mil satélites ao espaço. Os dois primeiros, Microsat-2a e Microsat-2b, já foram lançados em fase experimental.

O audacioso plano irá triplicar a quantidade de satélites que atualmente orbitam a Terra, sendo que a maior parte deles é inativa.

Serão aproximadamente 7.500 satélites orbitando a 346 km de altura, e outros 4.425 por volta de 1.300 km da superfície terrestre.

Os satélites funcionarão em diferentes frequências e em 83 rotas de órbita para atender todo o globo.

Satelite Starlink

Primeiros satélites já estão em órbita

Os dois satélites Microsat 2a e 2b foram enviados para a órbita terrestre por um dos foguetes Falcon 9, da SpaceX, em fevereiro de 2018.

Os satélites já estão ativados e se comunicando com bases terrestres, e serão usados na fase de testes do projeto Starlink

Falcon Heavy e Falcon 9

Foguete SpaceX

O Falcon 9 foi o foguete responsável por levar os dois satélites Microsat para o espaço. É um foguete reutilizável de dois estágios, desenvolvido e fabricado pela SpaceX.

O Falcon Heavy, da mesma família e também da SpaceX, é o veículo de lançamento mais poderoso do mundo. Assim como o Falcon 9, é um foguete reutilizável.

SpaceX já havia lançado um Tesla Roadster no espaço

Elon Musk cumpriu a promessa de enviar ao espaço um modelo vermelho de carro Roadster, de sua fabricante Tesla, acoplado ao foguete Falcon Heavy.

O lançamento do foguete com o Roadster aconteceu no Kennedy Space Center, Cabo Canaveral, em 6 de fevereiro de 2018.

O carro foi lançado ao som de “Life on Mars?”, do cantor David Bowie, tocando no repeat do sistema multimídia do veículo.

Carro Tesla Espaço

Carros Tesla já vem conectados à Internet

Os veículos fabricados pela Tesla já vem dotados de alta conectividade e não há dúvidas de que essa interatividade poderá ser ainda mais abrangente com o Starlink.

A SpaceX irá testar a conectividade e comunicabilidade dos satélites já lançados com muitas estações na Terra, incluindo escritórios na sede da Tesla e três vans móveis.

Facebook tem projeto com a mesma finalidade

Não é só a SpaceX que está na corrida para prover internet universal e de alta qualidade para todas as pessoas.

O Facebook tem um projeto similar, em que seria utilizado uma rede de drones gigantes usando tecnologia laser para fornecer internet.

Outras empresas, como a Blue Origin, de Jeff Bezos, também tem projetos similares.

 

Seja o primeiro a saber das novidades!

Login/Register access is temporary disabled
Compare items
  • Total (0)
Compare
0